FESTIVAL DE TEATRO LUSÓFONO GANHA OS PALCOS DO SESC BOM RETIRO

Fernando Pivotto, para o Aplauso Brasil (fernando@aplausobrasil.com)

A LIÇÃO
A LIÇÃO

SÃO PAULO – Festival promovido pelo Sesc ocorrerá de 14 a 29 de novembro, e acolherá companhias de Cabo Verde, Portugal, Angola, Moçambique e Brasil, numa programação de espetáculos e workshops.

A fim de mapear a identidade cultural e artística de países lusófonos, o Sesc Bom Retiro promove um intercâmbio entre companhias de cinco países distintos, numa programação que contempla espetáculos, workshops e conversas.

Para Pedro Santos, idealizador da programação, “o Festival confere uma experiência empírica feita por meio da linguagem teatral. Os distintos aspectos sociais, econômicos, políticos e culturais de cada país influenciam nos trabalhos de cada grupo, conferindo um amplo leque de olhares para uma mesma arte. Assim, esse intercâmbio oferece, além de espetáculos de três diferentes continentes, a oportunidade de debater assuntos pertinentes aos países e ao teatro, e também conhecer (ou reconhecer) as culturas desses países já unidos pela língua.”

FESTIVAL DE TEATRO LUSÓFONO
De 14 a 29 de novembro.
Ingressos para os espetáculos: R$ 30,00. R$ 15,00 (meia). R$ 9,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes).
Ingresso para as atividades complementares: Grátis, com retirada de ingresso com 1h de antecedência na Central de Atendimento. A participação no workshop Preparação Física e Preparo do Ator para o Palco requer inscrição prévia.
Endereço: Sesc Bom Retiro. Alameda Nothmann, 185 – Campos Elísios.

Espetáculos
A Lição – Cia. Trupe Pará Moss (Cabo Verde)
14 e 15 de novembro. Sábado, às 19h, e domingo, às 18h.
O espetáculo coloca em voga o sistema educacional através da história de um professor que, tomado por exasperações desmedidas, assassina sua orientanda.
Texto: Eugène Ionesco
Direção: Artística e Encenação João Branco
Elenco: Yara Azevedo, Renato Lopes, Janaina Alves

24A74 – Salgueiro Maia –  Teatro do Noroeste – Centro Dramático de Viana  (Portugal)
17 e 18 de novembro. Terça e quarta, às 20h.
Baseado no livro “Capitão de Abril – Memórias da Guerra do Ultramar e do 25 de Abril”, de Fernando José Salgueiro Maia, o monólogo narra a catarse histórica que tomou o país ao fim de um longo período de ditatura. O título faz referência a 24 de abril de 1974, data que antecedeu o dia da revolução.
Texto, interpretação e direção: Ricardo Simões
Olímias – Dadaísmo Cia. de Teatro (Angola)
21 e 22 de novembro. Sábado, às 19h e domingo, às 18h.
Olímias narra a história de três filhos gerados em uma relação de amor e ódio, que foram amaldiçoados para vingar seu pai.
Texto: Adriano Botelho de Vasconcelos
Direção: Hilário Belson
Elenco: Dadaísmo Cia. de Teatro

Flor Bela (Brasil)
25 e 26 de novembro. Quarta e quinta, às 20h.
Inspirado na obra de Florbela Espanca, o espetáculo versa sobre a vida e a morte de uma mulher nostálgica e melancólica.
Texto: Arieta Corrêa e Marcelo Szpektor
Direção e atuação: Arieta Corrêa

Cinzas Sobre as mãos – Cia. Lareira Artes (Moçambique)
28 e 29 de novembro. Sábado, às 19h, e domingo, às 18h.
Numa terra devastada pelas guerras sangrentas, dois coveiros, que cumprem o seu dever de enterrar vários cadáveres, são surpreendidos por uma sobrevivente. Os dois decidem, então, transformar a mulher em escrava.
Texto: Laurent Gaudé
Direção: Elliot Alex
Elenco: Cia. Lareira Artes

Atividades Complementares

Workshop História do Teatro em Cabo Verde, com João Branco.
14 de novembro. Sábado, às 16h.

 Workshop Roda Dramatúrgica, com Adriano Botelho Vasconcelhos, autor da obra Olímias.
21 de novembro. Sábado, às 16h.

Workshop Práticas de Exercícios de Teatro, com Arieta Corrêa.
26 de novembro. Quinta, às 16h.

 Workshop Preparação Física e Preparo do Ator para o Palco, com Dias Santana, diretor da Cia. Lareira Artes. Vagas limitadas, com inscrição na Central de Atendimento.
28 de novembro. Sábado, às 16h.

Encontro O Ofício do Teatro diante do Mundo Digital, com os representantes dos grupos participantes do Festival.
19 de novembro. Quinta, às 20h.