FIT – BH: Cacá Carvalho em novo Pirandello N

Nanda Rovere, do www.mondobhz.com.br/fit-bh-2012, parceiro do Aplauso Brasil na cobertura do FIT- BH

Cacá Carvalhorepete parceria com Roberto Bacci

BELO HORIZONTE – Um nenhum cem mil é o último romance do autor Luigi Pirandello. O espetáculo, que tem direção do italiano Roberto Bacci e atuação do ator brasileiro Cacá Carvalho, já foi apresentado para amigos na Itália e fez a estreia nacional no FIT, no último fim de semana. O trabalho foi realizado com o apoio do Ministério da Cultura italiano e da produtora paulista Corpo Rastreado.

Vintangelo Moscardo, filho de um banqueiro, questiona a sua vida a partir de uma situação bizarra. Abandona tudo e funda um asilo, no qual trabalha cuidando das pessoas. Deixa de lado a sua identidade pública e vive no anonimato. A sua imagem social se modifica e as máscaras são deixadas de lado.
No asilo, o protagonista relata os momentos de sua trajetória, as suas lembranças e frustrações. Fala sobre o seu passado e recupera a memória perdida.

A peça trata da preservação da identidade humana. A metáfora é a chave-mestra da montagem, que mostra a trajetória de um homem que transforma a sua vida para tentar descobrir quem realmente é.

"A Poltrona Escura" reunia três contos do italiano Luigi Pirandello

Segundo Cacá Carvalho, a questão principal que o personagem suscita é como desconstruir uma personalidade herdada. O diretor italiano Roberto Bacci acredita que “o interessante na peça é que esta herança é, ao mesmo tempo, biológica e social”.

A peça deixa uma questão principal para refletirmos: Como modificar a nossa vida de modo que possamos evoluir enquanto seres humanos?

Carvalho e Bacci têm uma longa parceria. Já trabalharam juntos nos espetáculos O homem com a flor na boca e A poltrona escura (ambos baseados no universo de Pirandello).

Depois de BH, a peça vai para Fortaleza e São Paulo – estará no SESC Bom Retiro a partir de três de agosto.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado