FTC: Haikai , de Roberto Alvim, estreia com elenco curitibano

João Manuel Mota*, para o Aplauso Brasil (aplauso@gmail.com)

081A2968
Roberto Alvim, diretor e autor de Haikai

CURITIBA – O Festival de Teatro de Curitiba recebe no fim de semana a peça Haikai do autor e diretor Roberto Alvim, da companhia Club Noir (SP). O texto foi escrito e encenado à convite da atriz e produtora Nena Inoue, do Espaço Cênico (PR). Ela divide a cena com o ator, e também produtor, Paulo Alves, e com a atriz Martina Gallarza. Nessa montagem Alvim mantém traços característicos de sua pesquisa enquanto encenador.

Segundo o autor em coletiva de imprensa durante o Festival, a peça apesar de ter pouca duração, aproximadamente 30 minutos, mexe com a imaginação e com a própria perspectiva de tempo em cada espectador de uma forma particular. “A peça não fala para as pessoas e sim para o inconsciente delas”, declarou.

A estrutura dramatúrgica da peça é inspirada no haikai japonês, poema curto de três linhas que compõem “uma passagem que desvela a natureza profunda” das coisas, nas palavras de Alvim. A peça é dividida em três momentos distintos que se articulam pelas leituras que o público poderá fazer.

Segundo o autor, um crime em que as vitimas não estão presentes, fantasias sombrias imaginadas na infância e a invocação de uma entidade demoníaca presentificada por meio de palavras são os motes para a composição desses três momentos.

Haikai será apresentado nesse sábado e domingo (30 e 31) na sede do Espaço Cênico às 21h.

*João Manuel Mota está à convite do Festival de Teatro de Curitiba

 

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*