FTC: Baianos tem mostra no Fringe com curadoria de Wagner Moura

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com.br)

 

"Pólvora e Poesia"
“Pólvora e Poesia”

CURITIBA – Na edição de 2013, mais de 300 espetáculos compõe o Fringe, a Mostra Paralela do Festival de Teatro de Curitiba, cuja composição da grade é estabelecida sem curadoria alguma. Desde que artistas curitibanos se juntaram no Coletivo de Pequenos Conteúdos inaugurando uma nova modalidade dentro do Fringe, outros coletivos unem forças para apresentar seus trabalhos. Nesse ano estreia a Mostra Baiana, organizada pela FUNCEB, com curadoria do ator soteropolitano Wagner Moura.

"Áfricas"
“Áfricas”

Sete espetáculos – Áfricas, Luz Negra, O Pássaro do Sol, Pólvora e Poesia, Sargento Getúlio, Seu Bonfim e Siré Obá – A Festa do Rei – representarão a cena baiana e nessa 22ª edição do Festival de Teatro de Curitiba, a Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) lança o Kit de Difusão do Teatro da Bahia, com informações sobre 28 montagens teatrais baianas, sendo as sete a ser apresentadas parte do Kit, que objetiva ampliar a visibilidade desses espetáculos em festivais nacionais e internacionais.

Acompanhe por aqui notícias sobre cada um desses espetáculos durante a cobertura especial do Festival de Teatro de Curitiba.

 LEIA TAMBÉM 

Galpão Cine Horto assina a curadoria da Mostra Grupos de BH: Teatro para ver de Perto

CLIQUE AQUI para conferir a programação completa do Fringe 2013

 

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*