GALILEU GALILEI REESTREIA HOJE NO TUCA

Fernando Pivotto, para o Aplauso Brasil (fernando@aplausobrasil.com)

galileuSÃO PAULO – Após temporada e turnê em 2015, o espetáculo surgido a partir da parceria de Cibele Forjaz e Denise Fraga reestreia em São Paulo no dia 29 de janeiro.

Após uma bem-sucedida investida no universo brechtiniano em A Alma Boa de Setsuan, Denise Fraga apostou mais uma vez no dramaturgo. Em 2015, ao lado de Cibele Forjaz, levarou aos palcos uma aplaudida versão de Galileu Galilei, que reestreia hoje (29), no Tuca. A ideia de revisitar o autor alemão surgiu da atriz, inspirada pelo caráter popular da obra. “Cada vez que eu lia o texto, um frisson invadia meu peito. A origem de um projeto de teatro para mim é quase como uma fofoca. Ao ler o texto é como se eu escutasse algo no ouvido que eu não pudesse deixar de passar adiante. A necessidade de me apoderar das palavras de um autor e dar comunicabilidade ao que parece encarcerado no papel é o que me move, me empurra pro palco. Quando vejo, já estou lá, tentando fazer voar tal ideia. Tomei coragem e resolvi ser Galileu”, diz a intérprete do personagem real reimaginado por Brecht.

A peça acompanha a vida de Galileu, astrônomo italiano do século XVII que, a partir de seus estudos, é capaz de provar a teoria de Copérnico, que alegava que a Terra girava ao redor do Sol, e não o contrário. A descoberta, contudo, vai de encontro aos dogmas da Igreja do período, que processou e ameaçou o cientista. A partir da perseguição de Galileu pela Santa Inquisição, Brecht tece um estudo sobre as relações de poder e sobre o individual versus o coletivo.

“O que eu espero é divertir as pessoas com um espetáculo festivo e fazê-las sair do teatro pensando em qual será a nossa alternativa para escapar desta areia movediça. Reiterar a fé na ideia de que o conhecimento e a razão humana ainda são os melhores instrumentos de luta contra a repressão, a injustiça, a miséria e o único caminho possível para o avanço social,” afirma Denise.

GALILEU GALILEI
De 29 de janeiro a 10 de abril. Sextas e sábados, às 21h; domingos às 19h.
Teatro Tuca. Rua Monte Alegre, 1024.
Ingressos: R$ 50,00 (sextas) e R$ 70,00 (sábados e domingos)

Ficha Técnica
Texto: Bertold Brecht
Adaptação/Dramaturgia: Christine Röhrig, Cibele Forjaz, Maristela Chelala e Denise Fraga
Direção: Cibele Forjaz
Elenco:
Denise Fraga, Ary França, Daniel Warren, Lúcia Romano, Maristela Chelala, Vanderlei Bernardino, Jackie Obrigon, Luís Mármora, Silvio Restiffe e Théo Werneck

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*