GRÁTIS: DIRETOR INGLÊS DIRIGE BRASILEIROS EM ‘MACBETH’ NA PROGRAMAÇÃO DO FÓRUM SHAKESPEARE

Redação do Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com)

Fórum Shakespeare apresenta Macbeth sob a direção do inglês Greg Hicks. Foto/crédito: divulgação.
Fórum Shakespeare apresenta Macbeth sob a direção do inglês Greg Hicks. Foto/crédito: divulgação.

SÃO PAULO – A partir do dia 20 de abril, São Paulo recebe o Fórum Shakespeare, evento que celebra o autor inglês desde 1995. Em maio, as atividades acontecerão também nas cidades de Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Para o ano em que se completam os 400 anos de morte do dramaturgo, o evento traz três espetáculos dirigidos por ingleses e com um elenco brasileiro. Será uma montagem para cada uma dessas três capitais. As atividades serão no Centro Cultural do Banco do Brasil.

No Centro Cultural de São Paulo, o ator e diretor Greg Hicks – um dos maiores intérpretes shakespeariano de sua geração – dirige uma versão de Macbeth, que estreia no próprio dia 20, na abertura da edição 2016.

Com curadoria de Paul Heritage, o evento integra a programação da campanha global do governo britânico, Shakespeare Lives, que vai apresentar o trabalho do dramaturgo britânico no ano do aniversário de 400 anos de sua morte.

As atividades em Belo Horizonte e Rio de Janeiro serão divulgadas em breve. O fórum desembarca na capital mineira e na carioca em maio. Na primeira delas será apresentada uma versão de Mercador de Veneza, com direção de Catherine Paskell, enquanto na segunda Vik Sivalingam vai dirigir A Tempestade.

Para selecionar os atores brasileiros participantes, o evento fez parcerias com grupos e escolas das três capitais. Em São Paulo, a SP Escola de Teatro intermediou o processo, já no Rio de Janeiro, as audições foram realizadas com o Nós no Morro e, em Minas Gerais, a seleção contou com a presença de diretores do Grupo Galpão.

Além das peças, o fórum Shakespeare também continua com as oficinas e palestras. São Paulo, por exemplo trará nomes como Jerry Brotton, autor de Shakespeare e o Islã (recém publicado pela editora Penguim, no Reino Unido), um dos mais proeminentes pensadores e escritores do Reino Unido; Joad Raymond, pesquisador da Renascença, especialista no séculos 16 e 17, jornalismo e lobbying; e Catherine Silverstone, autora de Conversa sobre Shakespeare e Trauma – um olhar dedicado a cultura queer na performance.


Macbeth entre Inglaterra e São Paulo

Em São Paulo, as pessoas irão ver um Macbeth assinado por Greg Hick, é um dos principais nomes da The Royal Shakespeare Company. Em 2003, Greg foi premiado como melhor ator em performance de Shakespeare pelo Critics’ Circle Theatre Awards por sua atuação como Coriolanus no Old Vic. O mesmo prêmio já foi vencido em outros anos por Judi Dench, Kevin Spacey, Jude Law e Eddie Redmayne.

Os atores brasileiros, que farão a montagem, foram selecionados pelo próprio Hicks, em meio a cerca de 650 inscritos. Quem intermediou a seleção foi a SP Escola de Teatro, que escolheu 36 profissionais.

Selecionados pelo próprio Hicks, esses atores passaram por um processo que recebeu cerca de 650 inscrições. Desse total, alguns foram selecionados pela SP Escola de Teatro e 36 profissionais passaram por um intenso treinamento sobre Shakespeare, ministrado por Bernadete dos Santos.

Os ensaios com o elenco acontecem todos os dias por quatro intensas semanas no galpão da Funarte. Greg, que já tem um diálogo com o Brasil, convidou o mestre de capoeira Carlo Alexandre Teixeira para ser seu assistente de direção, para uma versão inovadora de Macbeth.

Outro brasileiro envolvido na montagem é o dramaturgo cearense Marcos Barbosa, que irá acompanhar o processo de criação da peça e que, em conjunto com o diretor inglês escolheu  qual versão da peça seria usada.

Oficinas 

As oficinas do FÓRUM SHAKESPEARE contam com acadêmicos internacionais da Queen Mary University of London e acontecem paralelamente as apresentações do espetáculo. Catherine Silverstone abre a programação no dia 22 de abril, sexta-feira, das 16 às 19 horas. No domingo, dia 24 de abril, das 16 às 19 horas é a vez de Jerry Brotton e dia 25 de abril, segunda-feira, das 16 às 19 horas, Joad Raymond encerra o ciclo de oficinas. Assim como os demais eventos, as oficinas são gratuitas. As vagas são limitadas (25 participantes).

FÓRUM SHAKESPEARE – De 20 a 25 de abril, de quarta a segunda-feira, no Centro Cultural Banco do Brasil.

SEMINÁRIO FÓRUM SHAKESPEARE – 23 de abril, sábado, das 10 às 17 horas. Ingressos gratuitos e limitados – retirada com uma hora de antecedência na bilheteria do CCBB. A programação completa será divulgada em breve no site www.forumshakespeare.org.br

OFICINAS: Inscrições para as oficinas entre os dias 1º e 11 de abril através apenas do site do evento www.forumshakespeare.org.br

22 de abril, sexta-feira, das 16 às 19 horas: Flertando com Shakespeare, com Catherine Silverstone

24 de abril, domingo, das 16 às 19 horas: Os grandes Hits de Shakespeare, com Jerry Brotton

25 de abril, segunda-feira, das 16 às 19 horas: O palco e o sobrenatural, com Joad Raymond

 

MACBETH – 20, 22, 23, 24 e 25 de abril, quarta-feira, sábado e segunda-feira às 20 horas, sexta-feira às 16 e 20 horas e domingo às 16 e 19 horas, no Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil. Ingressos gratuitos – retirada com uma hora de antecedência na bilheteria do Teatro.

 

CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL

Rua Álvares Penteado, 112 – Centro – SP

Próximo às estações Sé e São Bento do Metrô

Informações: (11) 3113-3651/3652

Peça e seminário: entrada franca mediante retirada de senha a partir de 01 horas antes do início do evento.

Oficinas: entrada franca, mediante inscrição prévia.

Teatro: 130 lugares

Auditório: 45 lugares

Acesso e facilidades para pessoas com deficiência física // Ar-condicionado // Loja // Café Cafezal.

 

www.bb.com.br/cultura  –  www.twitter.com/ccbb_sp  –  www.facebook.com/ccbbsp

 

Ingresso pela Internet: www.ingressorapido.com.br

Estacionamento conveniado:

Estapar

Rua Santo Amaro, 272

Informações pelo telefone (11)3113.3651

R$ 15,00 pelo período de 5 horas. (Necessário validar o ticket na bilheteria do CCBB.)

 

Traslado gratuito

Transporte gratuito até as proximidades do CCBB – embarque e desembarque na Rua Santo Amaro, 272, e na Rua da Quitanda, próximo ao CCBB. No trajeto de volta, tem parada no Metrô República.