SÃO PAULO – O grupo Esparrama ficou conhecido por usar duas janelas de prédio no Minhocão, elevado famoso no centro de São Paulo, para espalhar arte para as crianças. No dia 25 de fevereiro, o público será convidado a embarcar na temporada do espetáculo Navegar, que traz o imaginário infantil sobre a cidade.

A história se inicia com o retorno de Nina, uma garotinha que já habitou as histórias do grupo, e volta para contar como foi sua viagem pela cidade se depara com outro menino viajante, Samuel. Depois de se conhecerem, eles descobrem que a cidade foi dominada por Gatão (um misterioso gato que acha que é dono de tudo) e, juntos com seus amigos pássaros, tentam se libertar das garras desse gatuno.

O espetáculo Navegar propõe uma interação ainda maior com a plateia, convidando crianças para pintar as bandeiras que formam a vela do navio das personagens do espetáculo. Também haverá um microfone aberto para as crianças que queiram se expressar.

O espetáculo, além do icônico Minhocão, prevê apresentações nos CEUs Heliópolis, Butantã e Casa Blanca.

Ocupação da cidade e polêmica
O grupo ficou conhecido desde 2013 pelo espetáculo Esparrama pela Janela, que inaugurou o Minhocão como palco para a família e ganhou o Prêmio FEMSA de Teatro Infantil e Jovem (categoria Revelação – direção Iarlei Rangel e categoria Prêmio Crystal Eco de Sustentabilidade) e o Prêmio da Cooperativa Paulista de Teatro, categoria Melhor Ocupação de Espaço.

Mas, em fevereiro de 2017, o grupo se viu obrigado a cancelar uma apresentação no Minhocão por conta de uma liminar, da prefeitura da cidade que proíbe a concentração de eventos de rua em lugares como a Praça Roosevelt e o próprio elevado João Goulart.

O Grupo Esparra, então, abriu diálogo com a subprefeitura da Sé, responsável pelo espaço, e conseguiu manter o seu projeto que segue com o espetáculo Navegar. Desde então, o tem realizado também debates que conversam sobre esse olhar de uma cidade aberta a todos.

O processo de Navegar
Orientados pela pedagoga Laila Sala, na primeira expedição do Projeto Navegar partiu para encontrar com as infâncias da EMEI Gabriel Prestes, da ocupação Lord Palace e do CEU Heliópolis, com a participação de Daniel Viana (poeta), Sissy Eiko (fotógrafa) e Marina Faria (Ilustradora) que fizeram registros poéticos contribuindo com o entendimento sobre como aquelas crianças pensam, vivem e sentem seus territórios.

“Neste espetáculo buscamos compartilhar com o público o que nós aprendemos com as crianças e com o Manoel de Barros durante as pesquisas: O olho vê, a lembrança revê, e a imaginação transvê. É preciso transver o mundo.” – comenta o diretor Iarlei Rangel.

Além dos atores do grupo (Kleber Brianez, Lígia Campos e Rani Guerra) foram convidados Gabi Zanola,Gislaine Pereira, Renato Ribeiro, Vinícius Ramos – integrantes da Trupe Dunavô e Weslley Nascimento que se revezam entre a janela e o próprio Minhocão, permitindo que a encenação ganhasse agilidade com jogos coreográficos criados pelo palhaço e bailarino Ronaldo Aguiar.  Fazem parte do elenco os músicos Adilson Camarão e Laruama Alves que, sob a direção musical de Joel Carozzi, criaram um ambiente sonoro com composições inéditas.

Exposição em Cartaz
A pesquisa foi organizada pelo cenógrafo Jaime Pinheiro na exposição interativa Navegar – Uma Expedição por Imaginários, em cartaz até 04 de março, com entrada gratuita na Funarte.

 

Espetáculo Navegar

Classificação: Livre – Duração: 50 minutos – Grátis

Temporada:  25 de fevereiro a 25 de março de 2018 – Sempre aos domingos em duas sessões: 10h30 e 16h

Local: No Minhocão (Elevado Presidente João Goulart), altura do número 158 da Avenida Amaral Gurgel. Entrada pelas alças de acesso do Minhocão no Metrô Santa Cecília ou Rua da Consolação.

No caso de chuva, o espetáculo não acontece.

Apresentações nos CEU’s da cidade de São Paulo

CEU Heliópolis – 07 de Março – Horários 10h e 15h30 – Área externa

CEU Butantã – 14 de Março – Horários 10h e 15h30 – Ginásio de Esportes

CEU Casa Blanca – 21 de Março – Horários 10h e 15h30 –  Ginásio de Esportes.

FICHA TÉCNICA

Direção: Iarlei Rangel | Dramaturgia: Elenco Navegar | Orientação Dramatúrgica: Solange Dias | Elenco: Adilson Camarão (músico), Gabi Zanola (atriz), Gislaine Pereira (atriz e manipuladora), Kleber Brianez (ator e manipulador), Laruama Alves (musicista), Lígia Campos (atriz e manipuladora), Rani Guerra (ator, manipulador e músico), Renato Ribeiro (ator, manipulador e músico), Weslley Nascimento (manipulador) e Vinícius Ramos (ator e músico) | Direção de Movimento: Ronaldo Aguiar | Direção Musical: Joel Carozzi | Cenografia e Adereços: Carlos Mendes | Figurino: Marcela Donato | Criação e Confecção de Bonecos: André Mello |Assessoria de Comunicação e Imprensa: Luciana Gandelini | Produção Executiva: Izabela Pimentel | Direção de Produção: Iarlei Rangel

Redação do Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com.br)