GRÁTIS: GRUPO SOBREVENTO REESTREIA ESPETÁCULO BASEADO NO PRIMEIRO ROMANCE DE FRANZ KAFKA

Redação do Aplauso Brasil (Redacao@aplausobrasil.com)

Espetáculo "Só" - Grupo Sobrevento. Foto de Fi Ramos
Espetáculo “Só” – Grupo Sobrevento. Foto de Fi Ramos

SÃO PAULO: O grupo Sobrevento tem tradição na Zona Leste de São Paulo. Além de ajudar a fomentar a cultura na cidade e no bairro, eles têm uma característica peculiar: gostam de oferecer arte gratuitamente. Nessa toada, trazem ao seu espaço, o espetáculo , que passou por temporada no Itaú Cultural. A peça estreia 11 de julho e fica em cartaz até 20 de setembro.

Só explora o Teatro de Objetos – a vertente mais moderna do Teatro de Animação, que se vale de objetos prontos (ready-mades) em lugar de objetos. Isso significa, que o espetáculo, não tem palavras.

Os atores compõem situações patéticas, emocionais, em quadros que se aproximam de instalações plásticas contemporâneas.  fala da solidão e da desumanização nas grandes cidades e no mundo moderno.

A montagem foi concebida a partir de intercâmbios com a belga Agnès Limbos e com o

Espetáculo 'Só'  - Grupo Sobrevento. Foto de Fi Ramos
Espetáculo ‘Só’ – Grupo Sobrevento. Foto de Fi Ramos

italiano Antonio Catalano, e de um grupo de estudos com diferentes artistas brasileiros.

 conta com música de Arrigo Barnabé, figurinos de João Pimenta, cenário de André Cortez e iluminação de Renato Machado.

Para a criação da obra, o Grupo Sobrevento tomou como ponto de partida livro O Desaparecido ou Amerika, primeiro romance de Franz Kafka, publicado em 1927.

 tem o apoio do Programa Rumos Itaú Cultural e do Programa Municipal de Fomento ao Teatro.

Sinopse

Em , cinco personagens apresentam-se em diferentes situações, não sequenciais, que partem, sempre de objetos que, retratados exatamente como os objetos que são, terminam por transformar-se em elementos poéticos e metafóricos. Os cinco personagens, mais que cinco vidas, são cinco caminhos que terminam por encontrar-se, mesmo mantendo, neste encontro, as suas solidões.

Ficha Técnica

Criação e concepção: Grupo Sobrevento Direção: Luiz André Cherubini e Sandra Vargas  Dramaturgia:Grupo Sobrevento: Luiz André Cherubini  (Borboleta, Descanso de todos na árvore), Sandra Vargas (Casa, Trem, Navio), Maurício Santana (Costura), J.E Tico (Namoro), Sueli Andrade (Casa de papelão, caminhada com o pássaro, corda), Daniel Viana (cadeiras, trabalho e árvore) e Liana Yuri (Goteira, Estação e Peixe)Interpretação: Sandra Vargas (Casa, Trem, Navio), Maurício Santana (Costura, Namoro e borboleta), Sueli Andrade (Casa de papelão, caminhada com o pássaro, corda), Daniel Viana (cadeiras, trabalho e árvore) e Liana Yuri (Goteira, Estação e Peixe) Colaboração artística: Agnès Limbos (Gare Centrale) e Antonio Catalano (Casa Degli Alfieri) Composição musical: Arrigo Barnabé Figurino: João Pimenta Cenário: André Cortez Iluminação: Renato Machado Produção executiva: Lucia Erceg Montagem e operação de luz:Marcelo Amaral Cenotecnia e operação de som: Agnaldo Souza Assessoria de Imprensa: Márcia Marques | Canal Aberto Programação visual: Marcos Correa | Ato Gráfico Secretaria: Thaís Larizzatti

Serviço

Espaço Sobrevento – Rua Coronel Albino Bairão, 42 – Metrô Bresser – São Paulo – SP

11 de julho a 20 de setembro de 2015, sábados, às 20h, e domingos, às 18h.

Sessões extras aos sábados, 18h, em agosto e setembro.

Ingressos gratuitos, disponíveis meia hora antes na bilheteria ou por reservas por e-mail (info@sobrevento.com.br)

 

 

 

Kyra Piscitelli

Kyra Piscitelli é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e fez pós-graduação em Globalização e Cultura pela Faculdade de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Escreve sobre teatro e arte desde de 2009. Integra os Juris da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e do Prêmio Aplauso Brasil. Ávida por conhecimento, se não está em viagem ou estudo, só há um lugar para achá-la: o teatro!

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*