Grátis: Peça dirigida por Lee Taylor estreia no Teatro João Caetano

SÃO PAULO – O espetáculo ‘DOC. malcriadas’, concebido e dirigido por Lee Taylor, estreia curta temporada de 6 apresentações em 21 de fevereiro, sexta-feira, no Teatro João Caetano e segue em cartaz no Centro Cultural Olido para mais 12 apresentações, totalizando neste semestre 18 sessões nos dois espaços. A entrada é grátis.

A peça integra o projeto Antologia Documental e é resultado do curso de atuação teatral oferecido gratuitamente pelo Núcleo de Artes Cênicas (NAC) em 2019.

O experimento cênico DOC. malcriadas foi criado a partir de uma pesquisa documental e faz parte da proposta artístico-pedagógica vivenciada no curso de atuação oferecido gratuitamente pelo Núcleo de Artes Cênicas (NAC) em 2019, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

A motivação inicial foi pesquisar os valores morais que fundamentam o que se chama de “família tradicional brasileira”. Depois de mais de cem entrevistas realizadas por vinte atores e atrizes com membros de diversas famílias, escolhemos um recorte que oferece um olhar privilegiado para problematizar a família tradicional, por estar sempre presente e não fazer parte e por ser essencial e ao mesmo tempo substituível: as empregadas domésticas.

Na segunda etapa da pesquisa, foram mais de cinquenta entrevistas realizadas por nove atrizes com empregadas domésticas, faxineiras e diaristas que trabalham na cidade de São Paulo. A seleção dos relatos colhidos nas entrevistas foram o ponto de partida para quatro meses de investigação dramatúrgica e experimentação cênica, por meio de um processo colaborativo, que resultou na obra concebida e dirigida por Lee Taylor.

O experimento cênico DOC. malcriadas faz parte do projeto Antologia Documental, proposta artístico-pedagógica do NAC, que reúne obras teatrais baseadas em relatos colhidos a partir de entrevistas realizadas pelo próprio elenco.

Ficha técnica:

Com: Núcleo de Artes Cênicas (NAC)
Coordenação, concepção e direção: Lee Taylor

Diretor assistente: Hercules Morais
Assistência de direção: Federico Törres
Elenco: Alexia Rosa, Bia Barbosa, Gabriela Moreno, Giovanna Pantaleão, Larissa Morais, Mirielen Dollvik, Patrícia Pacheco.

Artistas-pedagogos: Lee Taylor, Hercules Morais, Gisele dos Reis

Iluminação: Fran Barros

Direção de Arte: Eric Lenate e Lee Taylor
Fotos: Marcelo Villas Boas

Teaser: Ludmila Daher / Marcelo Villas Boas

Assessoria de imprensa: Ofício das Letras – Adriana Monteiro

Serviço:

“DOC. malcriadas”

Teatro João Caetano

Rua Borges Lagoa, 650 – Vila Clementino São Paulo – SP

De 21 de fevereiro a 1 de março de 2020

Sextas e sábados, 21h e domingos, 19h

Classificação indicativa: 14 anos

Duração: 90 min.

Entrada Gratuita

Capacidade I 438 pessoas

Centro Cultural Olido

Av. São João, 473 – Centro Histórico São Paulo – SP

De 27 de março a 19 de abril de 2020

Sextas e sábados, 20h e domingos, 19h

Duração: 90 min.

Entrada Gratuita

Sala Olido | Capacidade: 297 lugares

www.facebook.com/docmalcriadas

www.instagram.com/nucleodeartescenicas

Kyra Piscitelli

Kyra Piscitelli é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e fez pós-graduação em Globalização e Cultura pela Faculdade de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Escreve sobre teatro e arte desde de 2009. Integra os Juris da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e do Prêmio Aplauso Brasil. Ávida por conhecimento, se não está em viagem ou estudo, só há um lugar para achá-la: o teatro!