GRUPO DE MINAS GERAIS APRESENTA MOSTRA DE REPERTÓRIO EM OCUPAÇÃO ARTÍSTICA NO SESC BELENZINHO

Redação do Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com.br)  

"GET OUT!" FOTO: ANDRE FOSSATI/AGENTZ
“GET OUT!” FOTO: ANDRE FOSSATI/AGENTZ

SÃO PAULO – Os mineiros do Quatroloscinco – Teatro do Comum comemoram seu 7º aniversário com o público de São Paulo e apresentam quatro peças do repertório do grupo. A  Ocupação quatroloscinco tem duração de um mês, no Sesc Belenzinho. Além das montagens, o grupo irá fazer duas oficinas para replicar seus conceitos de criação.

Ocupação quatroloscinco  faz parte do projeto Ocupação do Sesc Belenzinho, que tem como objetivo apresentar o repertório de um determinado grupo de teatro, e assim permitir que o público acompanhe e assista aos espetáculos, além de participar de oficinas formativas e de processos de criação. Já passaram pelo projeto os grupos Teatro de Narradores (SP), Timbre 4 (Argentina), Mundo Perfeito (Portugal) e Foguetes Maravilha (RJ).

A programação da Ocupação quatroloscinco  começa com Get Out! (apresentações de 6 a 9 de novembro), único solo da companhia, com o ator e dramaturgo Assis Benevenuto. Na semana seguinte, de 13 a 16 de novembro, é a vez de É só uma formalidade, primeiro espetáculo do grupo. 

"Humor". Foto divulgação
“Humor”. Foto divulgação

Humor (de 20 a 23 de novembro), peça mais recente do Quatroloscinco – Teatro do Comum, é a primeira montagem elaborada para palco italiano. A mostra se encerra com Outro Lado (27 a 30 de novembro), espetáculo de maior cunho político.

A estadia paulista do Quatroloscinco – Teatro do Comum ainda inclui duas oficinas sobre o método de trabalho do grupo. Na primeira, que acontece nos dias 20, 21 e 22 de novembro, o grupo irá propor um trabalho sobre a criação coletiva, abordando como essa dinâmica funciona em seus processos de pesquisa e montagem. A segunda, ministrada nos dias 27, 28 e 29, propõe um laboratório de dramaturgia, onde os participantes poderão experimentar criações textuais a partir do pensamento dramatúrgico do grupo.

"É só uma formalidade". Foto: Marco Aurelio Prates
“É só uma formalidade”. Foto: Marco Aurelio Prates

Essa é a primeira vez em que o público paulista pode ver os quatro espetáculos do grupo reunidos e observar o conjunto da pesquisa realizada por eles. Apesar de serem diferentes, as montagens do Quatroloscinco se unem na tentaiva de se propor um teatro contemporâneo.

Outro fator em comum é que todos os textos levados ao palco são autorais, criados pelos integrantes da companhia. Como temas frequentes nos espetáculos do grupo estão a linha tênue que separa o real do ficcional, o cunho micropolítico das pequenas situações e a postura questionadora e crítica do homem contemporâneo perante o mundo e de sua própria condição.

"Outro Lado".Foto: Ricardo Moura
“Outro Lado”.Foto: Ricardo Moura

Na parte visual, o grupo sempre optou por cenografias simples. O espaço cênico nos três primeiros espetáculos do grupo buscam uma relação bastante intimista e aproximada com o espectador em formatos não convencionais de plateia, já em Humor, a escolha pelo palco italiano foi motivada por um desafio de propor uma relação aproximada e direta com o espectador em uma configuração tradicional e comumente distanciadora.

SINOPSES:

GET OUT!
Solo do ator e dramaturgo Assis Benevenuto, estreou em julho de 2013, em Belo Horizonte. O monólogo é o terceiro espetáculo de repertório do grupo. Assis assina texto, direção e atuação, e conta com a produção e colaboração artística dos demais integrantes.

O argumento é simples: um homem que não consegue embarcar no seu voo por causa do medo do seu avião cair. E para provar que esse medo tem fundamento, este homem encena diversas situações e histórias. Get Out! é também uma crítica às imagens tão comuns que ditam nossos pensamentos em sociedade.

O espetáculo foi indicado a dois prêmios Copasa/Sinparc em 2014, nas categorias Melhor Ator e Melhor Texto Inédito.

É SÓ UMA FORMALIDADE

Primeiro espetáculo de longa duração do Quatroloscinco – Teatro do Comum (antes, o grupo apenas tinha feito performances e cenas curtas). Os atores assinam dramaturgia, direção e atuação desta criação coletiva. Com a opção pela dramaturgia e direção coletiva, os integrantes do grupo procuraram não estabelecer hierarquias fixas e se distribuíram em diversas funções, criando trânsito criativo mais livre.

A montagem fala sobre um homem que recebe a notícia da morte do pai, enquanto um outro escreve uma carta de divórcio. Tratadas com humor e ironia, estas duas situações servem de pretexto para que os atores lancem seus questionamentos sobre as (ir)realizações do homem.

O espetáculo foi Vencedor do 7º prêmio Usiminas/Sinparc de melhor atriz coadjuvante e eleito um o destaque do Fringe – Festival de Curitiba 2010, pelo jornal Folha de São Paulo.

HUMOR

Quarto espetáculo de repertório do grupo mineiro parte dos diversos significados da palavra humor para explorar as manifestações corporais, principalmente, os líquidos que correm dentro do organismo. A peça também traz à tona discussão sobre a nossa relação com a passagem de tempo e com a ininterrupta e lenta morte do corpo.

Além de propor um desafio estético para o grupo, o espetáculo marca as parcerias inéditas com o multiartista Rodrigo Campos, que assina uma Orientação Criativa; com o prestigiado cenógrafo mineiro Ed Andrade, que concorreu ao Prêmio Shell SP 2013; além do improvisador colombiano Gustavo Miranda, que realizou um trabalho de improvisação e comicidade com os atores.

OUTRO LADO

Esta montagem é resultado de oito meses de pesquisas em criação coletiva e dramaturgia autoral. O espetáculo mostra um grupo de pessoas que compartilham alguns anos de suas vidas dentro de um pequeno espaço. Outro Lado convida o público a discutir as infinitas e aleatórias alternativas para nossas vidas e os incontáveis pontos de vista sobre um mesmo fato. A montagem aborda questões políticas e existenciais através de uma fábula central atravessada por diversas cenas e fragmentos que rompem a narrativa linear. A peça também discute os limites entre realidade e ficção, a relação entre memória e história, além dos conflitos existentes entre o universo particular e o coletivo.

Para Roteiro:

Espetáculos:

GET OUT! – De 6 a 9 de novembro, quinta-feira a sábado às 21h30 e domingo às 18h30, na Sala de Espetáculos II do Sesc Belenzinho. Atuação, Dramaturgia e Direção – Assis Benevenuto. Assistência de Direção – Marcos Coletta. Criação de Figurino – Mariana Blanco. Criação de Luz – Marina Arthuzzi. Criação de Cenário – Daniel Herthel. Trilha Sonora ao Vivo – Assis Benevenuto. Vídeos – Laboratório Filmes – Davi Fuzzari e Marco Gonçalves. Duração – 45 minutos. Espetáculo recomendado para maiores de 12 anos.Ingressos – R$ 25,00; R$ 12,50 (usuário inscrito no Sesc e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública) e R$ 5,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado e dependentes). Vendas pelo Portal Sesc SP (www.sescsp.org.br), a partir de 25 de outubro, às 15h30, e nas unidades, a partir de  26 de outubro, às 17h30.

 

É SÓ UMA FORMALIDADE – De 13 a 16 de novembro, quinta-feira a sábado às 21h30 horas e domingo às 18h30, na Sala de Espetáculos II do Sesc Belenzinho. Dramaturgia e Direção – Ítalo Laureano, Marcos Coletta, Rejane Faria e Sérgio Andrade. Atuação –  Assis Benevenuto, Ítalo Laureano, Marcos Coletta e Rejane Faria.Figurinos – Carloman Bonfim. Iluminação – Marina Arthuzzi. Cenografia e Concepção Visual – O Grupo. Trilha Sonora Original – Sérgio Andrade. Música Valsa em Dois – Sérgio Andrade e Luiz Rocha. Trabalho Vocal e Corporal – O Grupo. Vídeos – LUMIART. Duração – 60 minutos. Espetáculo recomendado para maiores de 12 anos. Ingressos – R$ 25,00; R$ 12,50 (usuário inscrito no Sesc e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública) e R$ 5,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado e dependentes). Vendas pelo Portal Sesc SP (www.sescsp.org.br), a partir de 4 de novembro, às 15h30, e nas unidades, a partir de  5 de novembro, às 17h30.

 

HUMOR – De 20 a 23 de novembro, quinta-feira a sábado às 21h30 e domingo às 18h30, na Sala de Espetáculos II do Sesc Belenzinho. Direção e Atuação – Assis Benevenuto, Italo Laureano, Marcos Coletta e Rejane Faria. Texto – Assis Benevenuto e Marcos Coletta. Orientação Criativa – Rodrigo Campos. Figurinos – Mariana Blanco. Iluminação – Marina Arthuzzi. Cenografia – Ed Andrade. Assistente de Cenografia – Morgana Mafra. Trilha Sonora Original – Lucas Yogananda. Workshop de Improvisação – Gustavo Miranda. Duração – 65 minutos. Espetáculo recomendado para maiores de 12 anos. Ingressos – R$ 25,00; R$ 12,50 (usuário inscrito no Sesc e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública) e R$ 5,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado e dependentes). Vendas pelo Portal Sesc SP (www.sescsp.org.br), a partir de 14 de novembro, às 15h30, e nas unidades, a partir de  15 de novembro, às 17h30.

 

OUTRO LADO – De 27 a 30 de novembro, quinta-feira a sábado às 21h30 e domingo às 18h30, na Sala de Espetáculos II do Sesc Belenzinho. Direção e Atuação – Assis Benevenuto, Ítalo Laureano, Marcos Coletta e Rejane Faria. Texto – Assis Benevenuto e Marcos Coletta. Criação de Figurino – Paolo Mandatti. Criação de Luz – Marina Arthuzzi. Criação de Cenário – Daniel Herthel. Assistente de Cenotécnica – Wallace Colibri.Canção Original – Marcos Coletta. Arranjo e Assessoria Musical – Sérgio Andrade. Oficina em Feldenkrais e Direção de Movimento – Jimena Castiglioni. Duração – 65 minutos. Espetáculo recomendado para maiores de 12 anos. Ingressos – R$ 25,00; R$ 12,50 (usuário inscrito no Sesc e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública) e R$ 5,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado e dependentes). Vendas pelo Portal Sesc SP (www.sescsp.org.br), a partir de 20 de novembro, às 15h30, e nas unidades, a partir de  21 de novembro, às 17h30.

Oficinas:

O ATOR E A CRIAÇÃO COLETIVA

Dias 20, 21 e 22 de novembro, de quinta-feira a sábado, das 13h30 às 17h30.

Coordenação: Atores do Quatroloscinco

Destinada a artistas, estudantes, pesquisadores e criadores cênicos em geral.

Inscrições até 14 de novembro, por meio de envio de carta de interesse, currículo e contatos para o e-mail: criacao@belenzinho.sescsp.org.br. Os candidatos selecionados serão avisados até dia 18 de novembro por e-mail.
20 vagas. Não recomendado para menores de 16 anos. Grátis.


LABORATÓRIO DE DRAMATURGIA

Dias 27, 28 e 29 de novembro, de quinta-feira a sábado, das 16 às 20 horas.

Coordenação de Assis Benevenuto e Marcos Coletta.

Destinada a artistas, estudantes, pesquisadores, professores de teatro, dramaturgos e criadores cênicos em geral.

Inscrições até 19 de novembro, por meio de envio de carta de interesse, currículo e contatos para o e-mail: laboratório@belenzinho.sescsp.org.br. Os candidatos selecionados serão avisados até dia 24 de novembro por e-mail.
12 vagas. Não recomendado para menores de 16 anos. Grátis.

SESC BELENZINHO – Rua Padre Adelino, 1000 – Belenzinho (próximo à estação Belém do metrô). Fone: (11) 2076-9700. Acesso para deficientes físicos. Capacidade – 120 lugares. Estacionamento – R$ 6,00 a primeira hora e R$ 1,00 por hora adicional (não matriculado) e R$ 3,00 a primeira hora e R$ 1,00 por hora adicional (matriculado no SESC).www.sescsp.org.br.