Grupo Quatroloscinco estreia Fauna no SESC Pompeia

G

Sexto espetáculo do Quatroloscinco – Teatro do Comum Fauna comemora 12 anos de pesquisa teatral do grupo mineiro, que já tem cinco livros publicados e apresentações em mais de 70 cidades de 20 estados do Brasil, além de Argentina, Cuba e Uruguai. A estreia na capital paulista acontece dia 15 de fevereiro, sexta-feira, às 21h30, no Sesc Pompeia. Depois de apresentações no Mirada – Festival Ibero-Americano de Artes Cênicas de Santos e no Palco Giratório 2018 pelo qual circulou por 30 cidades brasileiras, montagem de Belo Horizonte faz temporada em São Paulo.

Em Fauna, Italo Laureano e Rejane Faria assumem a direção, enquanto Marcos Coletta e Assis Benevenuto assinam texto e atuação. Chamada de ‘peça-conversa’, a montagem rompe a narrativa tradicional, atenuando os limites físicos entre palco e plateia e criando um circuito de situações que levam o espectador para dentro da cena. Referenciada pela obra O circuito dos afetos: corpos políticos, desamparo e fim do indivíduo, do filósofo Vladimir Safatle, a peça discute temas como violência, desejo, liberdade, confissão e desamparo.

Com provocação criativa do dramaturgo paulista Alexandre Dal Farra, Fauna aborda as relações e interações que criam e destroem aproximações e expectativas, evidenciando os corpos como instrumentos políticos e sociais. A extinção da espécie humana, enquanto consciência de nossa estadia passageira pelo planeta, assim como as marcas deixadas pela nossa era, também são motores criativos da peça.

Sem divisão entre plateia e palco

Ao lado do público, sem divisão precisa entre plateia e palco, os dois atores travam diálogos roteirizados, que discutem as próprias histórias, combinadas à ficção, para refletir sobre violência, memória e o que aproxima os seres humanos enquanto espécie. Essa preocupação com o que há de comum e diferente entre todas as pessoas motiva a convocação do público a participar ativamente do espetáculo. Laureano chama a plateia de “sexto elemento” – além dos diretores, atores e do provocador criativo Alexandre Dal Farra.

 Além da participação de Alexandre Dal Farra como provocador criativo, Fauna reúne uma equipe referenciada com cenografia de Ed Andrade (indicado ao Prêmio Shell/SP 2014); trilha sonora original de Barulhista, iluminação de Rodrigo Marçal e orientação corporal da bailarina Rosa Antuña, da Cia de Dança Mário Nascimento.

Para roteiro:

FAUNA – Estreia dia 15 de fevereiro, sexta-feira, às 21h30, no Espaço Cênico do Sesc Pompeia (pré-estreia dia 14 de fevereiro, quinta-feira, às 21h30). Com Quatroloscinco – Teatro do Comum. Direção – Italo Laureano. Assistência de Direção – Rejane Faria. Texto e Atuação – Assis Benevenuto e Marcos Coletta. Orientação Vocal – Ana Hadad. Orientação Corporal – Rosa Antuña. Provocação Criativa – Alexandre Dal Farra. Cenografia – Ed Andrade. Iluminação – Rodrigo Marçal. Trilha Sonora Original – Barulhista. Figurino – Quatroloscinco – Teatro do Comum. Produção – Maria Mourão. Realização – Quatroloscinco – Teatro do Comum. Duração – 80 minutos. Recomendado para maiores de 16 anos. Ingressos – R$ 20,00 (inteira); R$ 10,00 (estudante, servidor da escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência) e R$ 6,00 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes). Temporada – Até 10 de março. Quinta-feira a sábado às 21h30 e domingo às 18h30.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*