Grupo TAPA re-estreia Credores no Viga Espaço Cênico

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

"Credores" - Sergio Mastropasqua e Chris Couto - Foto Camila Miranda

SÃO PAULO – Além de voltar aos palcos com 12 Homens e Uma Sentença, o diretor Eduardo Tolentino de Araújo retorna a temporada teatral 2012 com a peça Credores dia 12 de janeiro, quinta-feira, às 21h30 no Viga Espaço Cênico. Essa é mais uma produção do Grupo Tapa. O texto é um clássico de August Strindberg.

Na trama, a chegada de um desconhecido chamado Adolfo (José Roberto Jardim) em um hotel de veraneio abala o equilíbrio delicado da relação do casal Tekla (Chris Couto) e Gustavo (Sergio Mastropasqua). O encontro evidencia marcas do passo que nunca cicatrizaram.

“Essa é uma peça que se aprofunda nos dilemas entre os personagens, que expõem seus conflitos, questão longe de se resolver nos tempos contemporâneos”, diz o diretor.

Essa é a segunda vez que o Grupo Tapa trabalha com as palavras de Strindberg. A primeira ocorreu em 2006 com Camaradagem, onde um casal de pintores vivia um casamento de conveniência que se desequilibra por causa de uma disputa artística. Em Credores, existe um retorno à discussão sobre a guerra dos sexos com um tom mais aprofundado.

Para Tolentino, “Camaradagem tinha um caráter mais sinfônico pela multiplicidade de temas. Já Credores é um texto mais concentrado, forte, uma espécie de cirurgia nessas relações”.

O espetáculo mexe com a ideia de “o inferno são os outros”, uma questão do filósofo francês Jean-Paul Sartre que se fundamenta no reconhecimento da relação com outro.O visual da montagem ganhou um ar escultural com a composição da luz e o corpo dos atores. Anteriormente, Camaradagem também tinha uma aparência focada na arte com o expressionismo.

Sergio Mastropasqua e Chris Couto atuaram juntos no espetáculo Casa/ Cabul, do Núcleo Experimental, em 2011. Já o ator José Roberto Jardim integra o grupo Fofos Encenam, com o diretor Newton Moreno.

"Credores" - Sergio Mastropasqua e José Roberto jardim

“Trabalhei com o Tolentino em Camaradagem e sempre quisemos fazer um novo projeto juntos. Existe uma admiração entre a equipe deste espetáculo, o que gera um entrosamento prazeroso na hora da encenação”, fala Mastropasqua.

CREDORES – Re-estreia dia 12 de janeiro, quinta, às 21h30 no Viga Espaço Cênico Texto: August Strindberg Direção e tradução: Eduardo Tolentino de Araújo Elenco: Chris Couto, Sergio Mastropasqua e José Roberto Jardim Cenários e figurinos:Lola Tolentino Iluminação: Nelson Ferreira Produção: Grupo Tapa

VIGA ESPAÇO CÊNICO – Rua Capote Valente, 1.323 (Próximo ao metrô Sumaré) – São Paulo/SP Telefone: 3801-1843. De 12 de janeiro a 19 de fevereiro. Quintas, Sextas e Sábados às 21h30 e domingos às 20hs. Ingressos: R$ 40 e meia R$ 20.  Lotação: 74 lugares. Classificação: 14 anos Duração: 60 minutos.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*