Hairspray a partir desta sexta-feira no Teatro Bradesco

Michel Fernandes, especial para o Último Segundo (michelfernandes@superig.com.br)

HAIRSPRAY estreia sexta no Teatro Bradesco
HAIRSPRAY estreia sexta no Teatro Bradesco

O grito do carnaval 2010 fez a melodiosa canção Bom dia, Baltimore (Good morning, Baltimore), que abre o musical Hairspray, adiar uma semana sua performance. Mas, a partir desta sexta-feira (26), o clássico da Broadway, filmado e refilmado, cuja versão adaptada e dirigida por Miguel Falabella conquistou os cariocas, chega ao público paulistano, no Teatro Bradesco.

Para refrescar a memória, a última versão cinematográfica de Hairspray, originalmente um musical da Brosdway, teve o ator John Travolta na pele de Edna Turnblad, mãe da espevitada Tracy Turnblad, vividos no musical brasileiro pelos atores Edson Celulari e Simone Gutierrez, respectivamente.

Temas como a aceitação e boa convivência entre os fisicamente diferentes estão na pauta da superprodução que conta com 31 atores-bailarinos-cantores em cena, entre eles Arlete Salles e Danielle Winits, além de orquestra, ao vivo, de 11 músicos.

LEIA TAMBÉM

Preparem o laquê: Hairspray estreia em São Paulo

Hairspray

Teatro Bradesco. Rua Turiaçu, 2.100. Telefone 3670-4141.

Quinta, às 21h. Sexta, às 21h30. Sábado, às 17h e 21h30. Domingo, às 18h.

Ingresso: de R$ 40 a R$ 70. Até 16/5.

1.457 lugares. 160 minutos. Livre.

www.hairspray.com.br.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.