Homenagem a Goethe do Festival de Curitiba ao Auditório Ibirapuera

Michel Fernandes*, do Aplauso Brasil (Michel@aplausobrasil.com)

Wagner Antonio, Caetano Vilela e Germano Melo em coletiva de "Licht+Licht"

Com o núcleo paulistano da Cia. De Ópera Seca, o espetáculo Licht+Licht se apresenta, hoje e amanhã, na capital paranaense e dias 11 e 11 de abril, quarta e quinta-feira, em São Paulo

CURITIBA – Com direção de Caetano Vilela, o novo espetáculo do núcleo paulista da Cia. De Ópera Seca, Licht+Licht (Luz, Mais Luz), tem estreia nacional hoje na 21ª edição do Festival de Curitiba e nas próximas quarta (11) e quinta-feira (12) se apresenta no Auditório Ibirapuera que, devido à parceria entre o Itaú Cultural e o Festival, apresentará algumas produções que participaram da Mostra Oficial deste ano.

Em 2012, 180 anos após a morte do escritor alemão Johann Wolfgang von Goethe, o diretor Caetano Vilela concebeu um espetáculo que traz à cena, após o autor suas últimas palavras antes de morrer: “Licht mehr Licht” (Luz, mais Luz), um delírio em que vê seus personagens (Fausto/Mephisto, Werther/Willelm Meister e Margarida/Charlotte) em relações bem diferentes das imaginadas por ele.

O diretor conta que se baseou no ‘romance de formação’ do autor de Fausto, obra-prima de Goethe, pouco lido no Brasil Os Anos de Aprendizado de Wilhelm Meister para montar o texto e, também, se inspirou no universo operístico que lhe é familiar – além de assinar a iluminação de diversas óperas, ano passado dirigiu La Bohème, de Puccini.

Wagner Antonio

“A adaptação que fiz não foi só baseada no livro, mas principalmente nas óperas Werther, de Jules MassenetFaust, de Charles Gounod e Cenas de Goethe – Faust, de Robert Schumann, todas baseadas nas obras de Goethe”, explica Vilela.

As expectativas relativas ao espetáculo não poderia ser melhores: essa é sua segunda direção, e, em  2010, Caetano Vilela apresentou montagem brilhante de Travesties, de Tom Stopard, em que os excelentes  Fabiana Gugli e Germano Melo, estavam no elenco. Wagner Antonio completa o elenco de Licht+Licht

LICHT + LICHT – Dias 11 e 12 de abril, quarta e quinta-feira, às 21 horas, no Auditório Ibirapuera. Concepção, Dramaturgia, Direção e Iluminação – Caetano Vilela. Elenco

Fabiana Gugli, Germano Melo e Wagner Antônio. Assistente de Direção – Emerson Meneses. Figurino e Direção de Arte – Cássio Brasil. Música Originalmente Composta e Engenharia de Som – Edson Secco. Duração – 60 minutos. Espetáculo recomendável para maiores de 14 anos. Ingressos – R$ 20,00 e 10,00 (meia-entrada)

Mais informações:

Site Oficial do Festival de Curitiba www.festivaldecuritiba.com.br

AUDITÓRIO IBIRAPUERA – Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – Portão 2 – Parque Ibirapuera (Entrada para carros pelo portão 3). Telefone: (11) 3629-1075. Acesso para deficientes físicos. Capacidade – 800 lugares. Informações – www.auditorioibirapuera.com.br ou info@auditorioibirapuera.com.br.

*Michel  Fernandes viajou a convite do Festival de Curitiba

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*