ILUSÃO DO PRÍNCIPE ENCANTADO É TEMA DE ESPETÁCULO DE DANÇA

Redação do Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com

Anacã Cia de Dança apresenta "EleEla". Foto: Ronaldo Winter Caracas
Anacã Cia de Dança apresenta “EleEla”. Foto: Ronaldo Winter Caracas

SÃO PAULO – Existe um homem ou mulher ideal para cada pessoa? A concepção do espetáculo de dança  EleEla parte dessa pergunta. São 11 cenas acerca da diversidade de elos estabelecidos entre os gêneros masculino e feminino e em como cada um conceitua o amor.  Para contar essa história, um pas de deux ao som de um solo de sax, com movimentos de jazz, em apenas quatro apresentações no Teatro Alfa. O espetáculo estará em cartaz nos dias 29, 30 e 31 de outubro e 1° de novembro.

 EleEla tem direção do coreógrafo Edy Wilson e direção geral de Helô Gouvêa, que em entre 2012 e 2013, formaram a Anacã Cia de Dança e já estão no segundo espetáculo. O primeiro foi Principiar . Junto a dupla soma 75 anos de trajetória profissional dedicada à dança.

O espetáculo mescla diferentes formações, entre solos, duos e trios e, especialmente, conjuntos para explorar temas como a dualidade entre homem e mulher, os jogos de sedução entre essas duas figuras, a sensualidade, a ilusão e a ingenuidade do amor romântico.

EleEla parte de uma cena inusitada, inclusive: em vez de ser da mulher que nasce o homem, é do homem que nasce a mulher – uma alusão ao mito de Adão e Eva,

Para completar a equipe de EleEla foram convidados Úrsula Félix para criar o figurino, Raquel Balekian para a luz, Divanir Gattamorta na música e Lucas Simões na cenografia.

 

ANACÃ CIA DE DANÇA

Em 2012, Helô Gouvêa e o coreógrafo Edy Wilson se encontraram durante o Passo de Arte e o Festival de Dança de Joinville, no qual atuaram como júri e professores. Edy havia acabado de se desligar da Raça Cia de Dança, onde atuava como diretor. Conversa vai, conversa vem, Helô fez o convite para que ele e sete bailarinos pudessem trabalhar e ensaiar no Estúdio Anacã, inaugurado por ela dois anos antes em sociedade com Ana Maria Diniz. Surgia assim a pedra fundamental da Anacã Cia. de Dança.

Logo veio a ideia de montar um espetáculo, Principiar, que estreou em junho de 2013 fazendo uma reflexão justamente sobre o início desse novo rumo nas carreiras de Edy, Helô e dos bailarinos. A assinatura coreográfica que seria buscada já se anunciava nesse momento.

Os apoios conquistados nesses primeiros passos são frutos de uma dinâmica singular que a companhia construiu para si ao se instalar em uma escola de dança frequentada por mais de mil alunos divididos em duas unidades, o que tem se revelado positivo tanto para o grupo quanto para o próprio estúdio. Há ainda outro braço da Anacã dedicado à formação técnica. Além de seus 12 bailarinos e quatro estagiários, a companhia oferece aulas gratuitas a 40 talentos escolhidos via audição que podem assim vivenciar um pouco da rotina de trabalho de um profissional de dança e se especializar para o mercado de trabalho.

Recentemente, a convite da Secretaria de Cultura do Estado, realizou uma circulação pelo interior de São Paulo, nas cidades de Regente Feijó, Paraguaçu Paulista, Pedrinhas Paulistas, Ibitinga, Jaú e Agudos, dentro do Circuito Cultural Paulista 2015.

Agora com o patrocínio do Itaú, a companhia se prepara para a estreia de sua segunda obra, EleEla.

Ficha Técnica

Direção Executiva: Ana Maria Diniz

Direção Geral: Helô Gouvêa

Direção Artística e Coreografia: Edy Wilson De Rossi

Maitre de Ballet: Eduardo Bonnis

Trilha Sonora: Divan

Designer de Luz e Direção Técnica: Raquel Balekian

Cenografia:  Lucas Simões

Figurinos: Ursula Felix

Texto: Bruna Martins

Fotos: Ronaldo Winter Caracas

Designer Gráfico: Charles Camargo

Assessoria de Imprensa: Canal Aberto

Coordenação de Mídia: Massaini Cultural

Coordenação de Projetos: Ponto de Produção

Coordenação de Marketing: Warley Alves

Produção: Elinah Jacqueline

Elenco: Alexssandro Silva – Carolina de Sá – Camila Carolina – Daniela Correa – Fernanda Salla – Janaina de Oliveira – Jéssica Fadul – Jonatha Martins – Karine Miranda – Letícia Alfenas – Lindemberg Marques – Michael Martins –  Paulo Victor – Rafael Luz – Rafael Trevisan – Thaynara Gomes.

 

Patrocínio: Banco Itaú / Ministério da Cultura

Apoio: Estúdio Anacã, Sociedade de Patronos, Só Dança, Ponto de Produção, Canal Aberto, Massaini Cultural, Instituto Alfa.

 

Serviço

EleEla, da Anacã Cia. de Dança

Dias 29, 30, 31 de outubro e 01 de novembro de 2015 

Teatro Alfa – R. Bento Branco de Andrade Filho, 722 – Santo Amaro, São Paulo – SP, 04757-000

Telefone: (11) 5693-4000

Duração: 60 minutos

Horários: Quinta feira às 21h00, sexta feira às 21h30, sábado às 20h00; domingo às 18h00.

Data para início de vendas: 01.10.15

Lotação: 1.110 lugares

Valor dos Ingressos        

Plateia I: R$80,00 (oitenta reais); Plateia II: R$80,00 (oitenta reais); Balcão I: R$60,00 (sessenta reais); Balcão II: R$60,00 (sessenta reais).

Vendas Ingresso rápido

Aceita cartão de credito – Não aceita cheque

Classificação: 12 anos

 

 

Kyra Piscitelli

Kyra Piscitelli é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e fez pós-graduação em Globalização e Cultura pela Faculdade de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Escreve sobre teatro e arte desde de 2009. Integra os Juris da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e do Prêmio Aplauso Brasil. Ávida por conhecimento, se não está em viagem ou estudo, só há um lugar para achá-la: o teatro!