Imperdível é pouco

Maria Lúcia Candeias, especial para o Aplauso Brasil

festadefamilia_rSe você não assistiu ao filme Festa de Família, como é meu caso, vai enlouquecer ao assistir a peça que conserva o mesmo nome e está em cartaz no SESC Avenida Paulista, de sexta a domingo às 21h30h.

Pra começar o texto de Thomaz Vinterberg, Morgens Rukov e Bo Hr Hamsen é tão inteligente que deu vontade de fazer um curso sobre dramaturgia dinamarquesa, (claro que em língua acessível), pois os autores surpreendem.

Além deles é preciso dar os créditos a David Eldridge que se encarregou da adaptação teatral, assim como à tradução mais que fluente de José Almino.

festafamTrata-se de um jantar de comemoração do aniversário de um pai de filhos já adultos, que acaba virando lavação de roupa suja.

Com mais de dez atores em cena, a direção de Bruce Gomlevsky não tentou reduzir as dimensões da sala de jantar, onde todos sentam, a fim de aumentar o espaço para o público de cerca de 60 pessoas, uma providência sábia. Os atores são tão bons que a gente (muito próximo a eles) tem vontade de dar pelo menos um tranco naqueles que interpretam personagens omissos ou malfeitores, confundindo ficção e realidade. É imperdível.

Nos papéis centrais estão, o próprio diretor, Julia Carrera, Gustavo Damasceno, Risa Landau, entre outros, todos impecáveis.

O cenário de Bel Lobo obedece aos autores do original e consegue uma inteligente adaptação ao espaço restrito que lhe cabe no SESC Paulista. Os figurinos de Flávio Souza são também de bom gosto e muito adequados, assim como a direção musical de Marcelo Alonso Neves, que se ouve através de gravação. Uma ótima trilha que ambienta a cena. A luz é do Maneco Quinderé, ótima como sempre.

Em suma, mesmo quem é muito exigente e gosta de teatro nota dez, vai adorar.

Festa de Família Teatro. Estreia amanhã, às 21h30. Sesc Avenida Paulista – Avenida Paulista, 119, São Paulo. Tel.: 3179-3700. De 6ª a dom., às 21h30. Até 14 de março. Ingr.: R$ 20.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.