Impressões lusitanas da passagem de Antunes Filho por lá

Cena de <i>A Falecida Vapt-Vupt</i>, com o Grupo Macunaíma
Cena de A Falecida Vapt-Vupt, com o Grupo Macunaíma

 

Antes da estreia no 7° andar do SESC Consolação, onde fica a sede do CPT (Centro de Pesquisa Teatral), o espet´´aculo A Falecida Vapt-Vupt, terceira incursão do diretor Antunes Filho para A Falecida, do dramaturgo carioca Nelson Rodrigues, a peça estreou em solo português, no Teatro Nacional São João (TNSJ), no Porto, em maio deste ano, ao lado de Prèt-a-Porter (Coletânea 2). É sobre as impressões do trabalho dos núcleos Macunaíma e CPT, ambos coordenados por Antunes Filho, que versa o texto do crítico português Jorge Louraço Figueira. Boa leitura e não percam a instigante obra.

 

Subitamente, no banheiro das senhoras [TNSJ]

By Jorge Louraço Figueira

Antunes Filho, o mais reputado encenador de São Paulo, vai mais longe, na cenografia de A Falecida Vapt-Vupt. O espaço é um bar onde param os clientes do costume, indiferentes ao desenrolar das cenas entre marido e mulher, família, amante e agentes funerários. No meio, tirando apontamentos durante toda a função, está a figura do autor. A parede do fundo é um imenso painel cheio de inscrições típicas de WC público, sugerindo que o anjo pornográfico, como lhe chamaram, escrevia directamente da secreta.

CLIQUE AQUI para ler a crítica completa.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.