Inferno de Dante inspira o espetáculo Francesca

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)

"Francesca", no Espaço dos Parlapatões

Com autoria de Luís Alberto de Abreu, a peça mistura tragédia e poesia para falar de amor

SÃO PAULO – Francesca apresenta a trajetória de pessoas que não aceitam que lhes ditem o que fazer. O amor é o sentimento predominante e, para viverem intensamente o romance, querem, e precisam, levar a vida de acordo com os seus preceitos. Para isso, enfrentam barreiras e pagam um preço caro. O casal de amantes, Francesca (Tatyana Figueiredo) e Paolo (Márcio Bueno), por não aceitarem as determinações de seus pais, são julgados por seus atos no inferno.

Francesca é obrigada a casar com o irmão de Paulo, mas a traição é inevitável. Uma tragédia os leva ao julgamento; para evitar o inferno e o sofrimento que ele acarreta, Francesca precisa convencer o tribunal que um amor puro e verdadeiro não pode ser condenado.

A peça, com direção de Roberto Lage, é inspirada no Canto V de A Divina Comédia, de Dante Alighieri, e tem pitadas de Romeu e Julieta. Construída em versos, chama a atenção por apresentar uma linda e triste história de amor de forma inteligente; tragédia, momentos de diversão e pitadas de comédia dell’arte se juntam e garantem uma montagem que prende a atenção.

Renata Zhaneta em "Francesca", direção de Roberto Lage - foto de Bob Sousa

A encenação de Lage salienta o caráter poético de Luís Alberto de Abreu e faz com que a história seja interessante. O tempo não é linear, mas as cenas estão bem costuradas. Canções interpretadas pelos atores dão mais emoção e dinamismo às cenas. O humor e a trilha fazem com que o texto fique mais atraente e sem o peso da tragédia vivida pelos apaixonados.

O elenco, primoroso, também é responsável pela qualidade do espetáculo.

A direção está centrada no trabalho dos atores e vale a pena citar todos, pois, seja em papéis maiores ou menores, eles desempenham as suas funções com presteza: Tatyana Figueiredo (Francesca), Márcio Bueno Dias (Paolo e Pecador 1), Renata Zhaneta (Nora), Maria do Carmo Soares (Isabel e Alma), Ando Camargo (Minos e Pai), Marco Aurélio Campos (Gian e Pecador 2), Fernando Petelinkar (Caracane e Convidado), Raquel Marinho (Cococalvo e Convidada), André Grecco (Naparasa e Amigo 1) e Rodrigo Ramos (Malabéstia e Amigo 2).
A obra de Abreu é popular, com uma linguagem simples e que ganha tom de comédia nas interpretações de Ando Camargo (o seu humor e a sua desenvoltura como o pai de Francesca merecem menção especial), Maria do Carmo Soares, como a assanhada e divertida Isabel, e Renata Zhaneta, que faz uma ama engraçada e simpática. Esses três atores se sobressaem e dão um show em cena.

A cenografia é simples e uma rede é o seu ponto central. O figurino do inferno é escuro e sensual, já as vestimentas dos demais personagens são contidas e nos remetem a um período antigo, já que a trama é inspirada numa obra medieval.

Uma delícia de assistir! Quem reside em São Paulo, ou estiver passando pela cidade, não pode perder!

Ficha técnica:

Texto: Luís Alberto de Abreu

Direção: Roberto Lage

Diretor assistente: Paulo H. Jordão

Direção musical: Paulo Herculano

Música original e arranjos: Matias Capovilla e Paulo Herculano

Cenografia e adereços: Heron Medeiros

Figurino e adereços: Fabio Namatame

Assistente de figurino: Juliano Lopes

Iluminação: Wagner Freire

Assistente de iluminação: Alessandra Marques

Design gráfico: Heron Medeiros

Fotos: Bob Sousa

Operação de luz: Reynaldo Thomaz

Operação de som: Fábio Galvão

Cenotecnia: Estúdio Flux

Direção de produção e administração: Maurício Inafre

Produção executiva:Regilson Feliciano

Assistente de produção: Jô Nascimento

Idealização do projeto: Charles Geraldi

Realização: Roberto Lage Produções Artísticas

Co-realização: Uma Arte Produções Artísticas

Serviço:

Francesca

Espaço Parlapatões – www.parlapatoes,com.br

Praça Franklin Roosevelt, 158 – Consolação/SP – Tel: (11) 3258-4449

Ingressos: R$ 30,00 (meia: R$ 15,00) – Bilheteria: 16h às 22h (terça a dom.)

Temporada: terças e quartas – às 21 horas – Até 25 de julho

Duração: 70 min. – Gênero: Comédia dramática – Classificação etária: 14 anos

Capacidade: 94 lugares – Antecipados: www.ingressorapido.com.br – (4003-1212)

Aceita dinheiro e todos os cartões de crédito – Acesso universal – Ar condicionado.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*