Inspirado no universo de Edgar Allan Poe, Companhia Nova de Teatro comemora 10 anos

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

"A Cripta de Poe"

A Cripta de Poe é um espetáculo que faz uso de recursos como teatro, dança, canto, vídeo. O projeto une a Cia. Teatro Del Teatro e estreia hoje no Espaço Cênico Ademar Guerra do Centro Cultural São Paulo (CCSP).

SÃO PAULO – O texto desta montagem é inspirado livremente no universo poeta e romancista Edgar Allan Poe (1809 – 1849). O espetáculo tem a concepção cênica e dramatúrgica assinada pelo diretor Lenerson Polonini e será protagonizado pelo ator italiano Omero Affede, discípulo de mestres como italiano Antônio Fava e do russo Anatoli Vassiliev, destacando o processo colaborativo em parceria com a Cia. Teatro Del Contagio, grupo italiano estabelecido em Milão, que divide o palco com atores brasileiros. A peça conta ainda com a participação em vídeo do ator Paulo César Peréio, antigo colaborador do grupo, como o “Velho Poe”.

Polonini, aos 31 anos, é o fundador da Cia. Nova de Teatro e já estabeleceu uma sólida parceria com Peréio. Encenações estilizadas, com grande apelo visual, em que o vídeo atua como fonte de luz e reverberação do inconsciente das personagens, são marcas de diretor.

Companhia Nova de Teatro estreia "A Cripta de Poe"

A programação inclui a residência artística da Companhia Nova de Teatro e Cia. Teatro Del Contagio, na Oficina Cultural Oswald de Andrade, com workshops e palestras sobre a construção do processo de montagem.

Ficha Técnica

A Cripta de Poe. Baseado livremente na obra de Edgar Allan Poe. Com a Companhia Nova de Teatro. Participação especial da Cia. Teatro Del Contagio (Itália). Direção, dramaturgia e iluminação: Lenerson Polonini. Elenco: Omero Affede, Carina Casuscelli, Carmen Chimienti, Rosa Freitas e Daniel Sommerfeld. Participação especial em vídeo: Paulo César Pereio. Figurinos e maquiagem: Carina Casuscelli. Concepção espacial: Lenerson Polonini e Carina Casuscelli Música: Wilson Sukorski. Videocenários e fotos: Acauã Fonseca. Assistente de imagem: Henrique Oda Realização: Companhia Nova de Teatro- 10 anos.

Serviço

Ingressos: R$20,00 – venda de ingressos: na bilheteria (terça a domingo, das10h às 22h), pelo tel. 4003-2050 (Ingresso Rápido) ou pelo site Ingresso Rápido <http://ingressorapido.com.br/Local.aspx?ID=1474>Centro Cultural São Paulo – Espaço Cênico Ademar Guerra (80 lugares). Recomendação: 14 anos. Quintas, sextas e sábados, às 21h; dom., às 20h. Centro Cultural São Paulo (Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso) Informações ao público: 3397-4002 www.centrocultural.sp.gov.br

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

1 comentário
  1. Um lindo trançado tecido no fio de poesias e prosas de Poe, pelas habilidosas luzes imagens e direção de Polonini… o Elerson da Compania Nova.
    A parceria italiana é brilhante e o Peréio usa a voz, a voz a voz de corvo algoz.

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*