Itaú Cultural inicia programação de 2020 do final de semana

SÃO PAULO – A programação dos finais de semana no Itaú Cultural abre em 2020, nos dias 18 e 19, com duas apresentações que integram a mostra a_ponte: cena do teatro universitário, também realizada no instituto. Nos dois dias é encenada a peça O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá, do Grupo 59 de Teatro, às 15h. Somente no domingo, às 14h, tem Batalha de Improvisação com Máscaras, da Cia. dos Bondrés, que também marca a volta do Arte na Rua, na calçada em frente ao instituto. Fora desta grade, é realizada, às 16h30 dos dois dias, a primeira edição do ano de Olhares Poéticos em Libras, que acontece mensalmente em todos os terceiros fim de semana, buscando sensibilizar o público em relação à língua e cultura surdas. Como este ainda é um mês de férias, este fim de semana também traz atividades de férias promovidas pelo Núcleo de Educação e Relacionamento, sempre às 14h: Sábados das Esculturas e Domingos na Paulista: Weissmann na rua.

 

O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá é dirigida por Cristiane Paoli Quito, inspirada em livro homônimo de Jorge Amado. Conta, de forma lúdica e costurada por canções, a história de amor entre um gato malhado e uma andorinha. O escritor baiano finalizou a obra em Paris, em 1976, de presente para o filho João Jorge, quando o menino completou um ano de idade. Em Batalha de Improvisação com Máscaras, 10 atores mascarados, dirigidos por Fabianna de Mello e Souza, improvisam e se confrontam como nas antigas disputas dos programas de auditório. Sendo ao ar livre, o público que passeia pela Paulista é convidado a embarcar nesta aventura teatral, sugerindo temas a serem sorteados. As duas apresentações integram a_ponte: cena do teatro universitário, que de 16 a 26 deste mês mostra no instituto peças de todas as regiões do país, juntando trabalhos de estudantes e de companhias teatrais consolidadas.

 

Por sua vez, Olhares Poéticos em Libras procura criar vivências para sensibilizar o público em relação à língua e cultura surdas, criando espaços de convivência e trocas entre surdos e ouvintes, por meio da Língua Brasileira de Sinais, Libras. Quem conduz essa jornada de descobertas é o surdo, pedagogo, ativista, ator, poeta e educador do instituto Edinho Santos. Depois de conquistar o 5º lugar no SLAM SP – Campeonato Estadual de Poesia Falada, no ano passado, ele chegou à final do SLAM BR, a principal competição de poesia falada do Brasil, com a parceira do compositor James Bantu.

A programação de férias, que do dia 7 até o fim do mês, promove oficinas diárias, segue neste fim de semana com Sábados das Esculturas, no dia 18, em que os educadores do Itaú Cultural ensinam diferentes técnicas de escultura baseadas nas obras de Franz Weissmann. No dia seguinte, tem Domingos na Paulista: Weissmann na rua. Esta oficina é realizada na calçada em frente ao instituto convidando o público a se inspirar nas obras do escultor e construir uma escultura coletiva.

 

Cantinho da Leitura e Feirinha de Troca

O Cantinho da Leitura e a Feirinha de Troca também retoma sua jornada em 2020 trazendo novos destaques e curadoria de livros para conectar crianças e adultos ao universo da literatura infanto-juvenil. Neste espaço o público encontra uma oportunidade para estreitar relações, aguçar a criatividade e estimular novos aprendizados sobre assuntos diversos por meio da leitura. Na Feirinha de Troca, é possível trocar uma obra infantojuvenil – como livro, gibi e DVD em bom estado – por outra do mesmo tipo, escolhida entre os materiais disponibilizados pelo instituto.

As publicações em destaque neste final de semana são Roupa de brincar, de Eliandro Rocha, e Andar por ai, de Isabel Minhós Martins.

 

Sobre os participantes

Grupo 59 de teatro é o encontro artístico de 12 artistas oriundos da Escola de Arte Dramática da Universidade de São Paulo (EAD/ECA/USP) e encontra no modo colaborativo de criação, gestão e produção terreno fértil para expressão artística múltipla e heterogênea. Desde sua fundação, em 2011, realizou mais de 400 apresentações na região sudeste do país, recebeu o Prêmio Cooperativa Paulista de Teatro 2011 na categoria Grupo Revelação, e participou de festivais e mostras. Há 4 anos, mantém uma sede de trabalho na Zona Norte de São Paulo, no bairro Vila Guilherme.

 

Cia. dos Bondrés, fundada em 2008, caracteriza-se por uma trupe de atores que investigam a cena e o jogo do ator através do uso de máscaras. Também promove parcerias com outras trupes no Brasil, como Ave Lola, em Curitiba, e o grupo amador Reriguitiba, no Espírito Santo e no Cariri. Foi convidada a participar da realização do espetáculo As Comadres, com direção de Ariane Mnouchkine. Diversos membros de sua equipe participaram diretamente na criação de figurino, produção e atuação, além da diretora, Fabianna de Mello e Souza, que assumiu a coordenação geral do projeto junto com Julia Carrera e Juliana Carneiro da Cunha.

Edinho Santos é surdo, pedagogo, ativista, ator e poeta. Participou do Slam SP (Campeonato Estadual de Poesia Falada) se classificando entre os cinco melhores de São Paulo e conquistando uma vaga para o Slam BR. Como ator, participou do filme O Matador, da Netflix. Participa da organização dos eventos de cultura surda Vibração e Bloco Vibramão. É ativista negro surdo, um dos organizadores do Congresso Nacional Social de Inclusão de Negros Surdos. Atualmente, é educador do Itaú Cultural, onde compôs a idealização do Setembro Azul, e do Olhares Poéticos em Libras. Foi consultor do curso de extensão Culturas Surdas na Contemporaneidade. Como educador, integrou a equipe do Museu do Futebol e Museu Afro Brasil (MAM).

 

FICHAS TÉCNICAS:

O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá

Direção: Cristiane Paoli Quito

Orientação dramatúrgica: Antônio Rogério Toscano

Texto/Roteiro: Grupo 59 de Teatro – inspirado na obra original de Jorge Amado

Elenco: Carol Faria, Felipe Gomes Moreira, Fernando Oliveira, Gabriel Bodstein,

Gabriela Cerqueira, Jane Fernandes, Nathália Ernesto, Nilcéia Vicente,

Ricardo Fialho e Thomas Huszar

Assistência de direção: Carol Mendonça e Vinícius Meloni

Pensamento corporal: Tarina Quelho

Criação de luz: Denilson Marques

Operação de luz: Gabriel Greghi

Concepção de cenário: o grupo

Confecção do gato de madeira: Patrícia Bigarelli – inspirada nos desenhos de Carybé

Concepção de figurino: Cláudia Schapira

Orientação musical: Andréa Kaiser

Arranjos: Thomas Huszar e Felipe Gomes Moreira

Letras: Gisele Dumont, Marcela Vessichio, Thomas Huszar, Juliano Abramovay,

André Vac, Carol Faria e Felipe Gomes Moreira

Produção: Carol Faria, Gabriel Bodstein, Gabriela Cerqueira e Jane Fernandes

 

Batalha de Improvisação com Máscaras

Direção: Fabianna de Mello e Souza

Codireção: Tomaz Nogueira da Gama

Elenco: Ariane Hime, Felipe Pedrini, Gé Lisboa, DJ Jojo Rodrigues, Julia Morales,

Juliana Brisson, Michelle Guimarães, Nina Rosa, Thadeu Mattos e Mc Tomaz Nogueira da Gama

Direção de produção: Pagu Produções Culturais

Direção musical: Karina Neves

Cenário: Mina Quental

Figurino: Tiago Ribeiro

Visagismo: Vitor Martinez

Iluminação: Ana Luzia de Simoni

 

SERVIÇO:

Dias 18 e 19 (sábado e domingo)

Às 15h

O Gato Malhado e a Andorinha Sinhácom Grupo 59 de Teatro

Duração: 60 minutos

Classificação Indicativa: Livre e mais bem aproveitado por crianças a partir dos 6 anos

Local: Sala Itaú Cultural (Piso 1)

Capacidade: 150 lugares

 

Dia 19 (domingo)  

Às 14h

Arte na Rua

Batalha de Improvisação com Máscaras – com Cia. dos Bondrés

Duração: 70 minutos

Classificação Indicativa: Livre

Local: Calçada do Itaú Cultural

 

Dias 18 e 19 de janeiro (sábado e domingo)

Olhares poéticos em libras

Às 14h

Duração: 60 minutos

Capacidade: livre

Classificação: livre

Não é necessária inscrição prévia

 

Cantinho da Leitura e Feirinha de Troca

Dias 18 e 19 (sábado e domingo)
Das 11h as 17h
Piso Térreo
Entrada gratuita

Itaú Cultural

Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô

Fones: 11. 2168-1776/1777

Acesso para pessoas com deficiência

Ar condicionado

Estacionamento: Entrada pela Rua Leôncio de Carvalho, 108

Se o visitante carimbar o tíquete na recepção do Itaú Cultural:

3 horas: R$ 7; 4 horas: R$ 9; 5 a 12 horas: R$ 10.

Com manobrista e seguro, gratuito para bicicletas.

www.itaucultural.org.br

https://www.facebook.com/itaucultural

https://www.instagram.com/itaucultural/

https://twitter.com/itaucultural

https://www.youtube.com/itaucultural

https://www.linkedin.com/company/itaucultural

 

Assessoria de Imprensa:

Conteúdo Comunicação

Fone: 11.5056-9800

Cristina R. Durán: cristina.duran@conteudonet.com

Mariana Zoboli: mariana.zoboli@conteudonet.com

Vinicius Magalhães: vinicius.magalhaes@conteduonet.com

Roberta Montanari: roberta.montanari@conteudonet.com

No Itaú Cultural:

Larissa Correa

Fone: 11.2168-1950 larissa.correa@terceiros.itaucultural.org.br

Carina Bordalo (programa Rumos)

Fone: 11.2168-1906

carina.bordalo@terceiros.itaucultural.org.br

www.conteudocomunicacao.com.br

www.twitter.com/agenciaconteudo

www.facebook.com/agenciaconteudo

Kyra Piscitelli

Kyra Piscitelli é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e fez pós-graduação em Globalização e Cultura pela Faculdade de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Escreve sobre teatro e arte desde de 2009. Integra os Juris da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e do Prêmio Aplauso Brasil. Ávida por conhecimento, se não está em viagem ou estudo, só há um lugar para achá-la: o teatro!