João Paulo Lorenzon apresenta monólogo debaixo d´água

Adriano Oliveira, especial para o Aplauso Brasil (adriano@aplausobrasil.com)

João Paulo Lorenzon faz monólogo dentro do "Acquabox", na galeria de Maurizio Mancioli

SÃO PAULO – O espetáculo Água, monólogo dirigido e encenado por João Lorenzon, cuja fonte de inspiração são histórias tiradas do cotidiano tem como palco um aparelho chamado Acquabox, um cilindro cheio de água, no Espaço Parhaus, onde será interpretada a peça.

O enredo tem a ver com o final de um relacionamento e a sensação de afogamento. O texto reúne 20 histórias, alguns fragmentos literários de grandes autores como Umberto Eco, Vinicius de Moraes e Garcia Lorca.

Segundo Lorenzon, o estado de afogamento e o fim de um relacionamento são situações distintas, mas possuem uma proximidade.

“Sonhamos tanto e imaginamos ser felizes; entretanto, após o final de um romance, é como se a água nos inundasse, saímos exaustos, sem fôlego ou mesmo aliviados”, afirma o artista.

Curiosamente, o ator sofreu três experiências reais de afogamento e isso o inspirou no conceito da obra. A ideia da montagem da peça já estava nos planos do ator, mas ainda não havia surgido a oportunidade. A concretização veio quando o Lorenzon conheceu o artista plástico italiano Maurizio Mancioli. O mesmo é proprietário da galeria de arte Espaço Parahaus, local onde está instalado o Acquabox.

João Paulo Lorenzon faz monólogo dentro d' água

Água é o quarto monólogo da carreira de João Paulo Lorenzon. O ator já estrelou Memória do Mundo (2008), O Funâmbulo (2009) e De Verdade (2010).

Serviço

ÁGUA – Estreia dia 12 de novembro

Sábado, às 19h30 no Espaço Parahaus.

Rua Caminha de Amorim, 532 – Alto de Pinheiros.

Temporada de 12 de novembro a 4 de dezembro.

Sextas às 21h, sábados e domingos às 19h30. Ingressos: R$ 20,00 e meia R$ 10,00.

Duração: 40 minutos.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

4 Comentários
  1. QUERIDO JOÃO… QUERO TE AGRADECER PELO PRESENTE QUE VOCÊ ME DEU ESTA NOITE. SEU ESPETÁCULO É VERDADEIRAMENTE UMA POESIA SUBMERSA EM “AMOR”. VOCÊ ESTÁ CADA VEZ MAIS REFINADO. E ISSO SÓ ME ENCHE DE ORGULHO DE SER SEU AMIGO E FÃ. VAMOS NOS VER MAIS, PLEASE!. BEIJO NO SEU CORAÇÃO MEU LINDO!. REI

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*