Livro registra os 15 anos da Cia Teatro Balagan

Redação do Aplauso Brasil (aplausobrasil@aplausobrasil.com)image006

SÃO PAULO- A Cia Teatro Balagan, grupo teatral paulistano responsável pela criação de espetáculos como Recusa, Prometheus – a tragédia do fogo e Tauromaquia, lança livro com materiais e imagens que inspiraram as suas criações ao longo dos seus 15 anos de atividades. O evento acontece na quinta-feira, 27, às 20h00, na Sede Roosevelt da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco.

Além de registrar o trabalho do grupo, o livro faz conexões com outras áreas de pensamento. O objetivo é levar ao leitor um território amplo, híbrido.

O formato do livro merece destaque: balaio, cartografia, envelope, caixa, objeto, espetáculo; composto por um envelope com treze mapas-cartazes dobráveis e cinco tiras-sanfona avulsas – um projeto visual de Luciana Facchini. Não há numeração de páginas e hierarquia de textos ou conteúdos, permitindo múltiplas explorações de leitura.

Os mapas-cartazes apresentam os processos de trabalho e os conteúdos das pesquisas da Cia Balagan. São subdivididos por cores e temas (Espaço, Narrativa, Figurino e Objeto, Voz e Verbo, Ator e Sonhos) e abordam o pensamento de artistas como Meierhold, Stanislávski, Grotowski, Anatoli Vassiliev, Jurij Alschitz e Antonin Artaud, bem como analisam as obras dos antropólogos Eduardo Viveiros de Castro e Tania Stolze Lima, além de proporcionarem aos leitores um mergulho teórico no universo das danças e tradições brasileiras das regiões Norte e Nordeste.

Já as cinco tiras-sanfonas trazem as imagens de espetáculos encenados, feitas por mais de catorze fotógrafos e as fichas técnicas dos projetos realizados.

O conteúdo dos mapas-cartazes é assinado por Maria Thais, diretora da Balagan, e pelo jornalista Alvaro Machado, coeditor do projeto. O livro tem a autoria partilhada pelos editores e pelos artistas da Balagan e a sua execução contou com a ajuda de parceiros como Marlui Miranda e o antropólogo Renato Sztutman.

As artistas Claudia Andujar e Christine Burrill cederem imagens para o livro, que traz um único desenho de Márcio Medina, cenógrafo e figurinista do coletivo desde sua fundação.

Sobre a Cia Balagan

Desde seu surgimento, em 1999, a Cia Teatro Balagan formou-se como um núcleo de criação que reúne artistas ao redor de uma prática teatral. Os processos criativos têm um caráter pedagógico, pois permitem a formação continuada dos artistas envolvidos e, em uma segunda instância, através do espetáculo, a formação dos espectadores. É no espetáculo que se organiza e para onde convergem as vozes criadoras – da cenografia à atuação, da dramaturgia à iluminação, da produção à direção e ao público – que, juntas, geram a polifonia da cena.

Balagan é uma palavra presente em diversos idiomas como o russo, o turco, o árabe e o hebraico. Pode significar teatro de feira, baderna, bagunça ou confusão.

Serviço:
BALAGAN – COMPANHIA DE TEATRO – Caixa-livro com 13 mapas e cinco “sanfonas”.

Lançamento: quinta, 27 de novembro de 2014, às 20h00, na Sede Roosevelt da SP Escola de Teatro – Centro de Formação das Artes do Palco.

288 páginas, 25 x 20 cm, ilustrado, duas versões de capa.

ISBN 9788585 871079

Organização: Maria Thais

Coordenação editorial: Alvaro Machado e Maria Thais

Projeto visual: Luciana Facchini

Edição de textos: Alvaro Machado

Preço Sugerido – R$ 50,00 (Livraria Cultura, Livraria da Vila, operaprima.art.br;  LOJAMOD.COM.   e ciateatrobalagan.com.br)

Venda especial no dia do lançamento – R$ 20,00

 

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*