“Lua de Sangue” reúne textos de Garcia Lorca em encenação da Escola de Atores Wolf Maya

SÃO PAULO – A Escola de Atores Wolf Maya apresenta espetáculo Lua de Sangue, concebido por sua Turma M6A, inspirado em obras deFrederico Garcia Lorca. Com direção de Kleber Montanheiro, as apresentações acontecem nos dias 9 e 10 de março (sábado e domingo) e entre os dias 14 e 17 de março (quinta a domigo), no Teatro Nair Bello.

A montagem é um estudo que celebra o universo de García Lorca (1898-1936). O grupo de formandos coloca em cena um diálogo cruzado que se estabelece entre três importantes obras do poeta e dramaturgo espanhol: Bodas de SangueYerma e A Casa de Bernarda Alba. Segundo o diretor, a peça traz as relações existentes nos três textos. A história se passa em uma aldeia onde circulam personagens de Bodas de Sangue que se relacionam com outros de Yerma e A Casa de Bernarda Alba.

Kleber Montanheiro é produtor, ator, diretor, cenógrafo, figurinista e iluminador. Com formação plural, trabalhou como assistente e criador de mestres do teatro nacional como Gianni Ratto, Roberto Lage, Wagner Freire, Antônio Abujamra, Myriam Muniz e Naum Alves de Souza. Ganhou os prêmios: APCA 2008 por Sonho de Uma Noite de Verão e FEMSA 2009 por A Odisséia de Arlequino, ambos de melhor diretor; APCA e FEMSA 2012 pelos cenários e figurinos de A História do Incrível Peixe Orelha; e FEMSA 2013 de melhor iluminação por Crônicas de Cavaleiros e Dragões, de Paulo Rogério Lopes – inspirado em livro A Saga de Siegfried, de Tatiana Belinky.

 

Ficha técnica – Texto: Frederico García Lorca (adaptação coletiva de Bodas de SangueYerma e A Casa de Bernarda Alba). Direção, cenário e desenho de luz: Kleber Montanheiro.Elenco: Turma M6A da Escola de Atores Wolf Maya – André Albuquerque, Andressa Miranda, Bruno Peres, Carolinne Assis, Carol Meyer, Giovanna Paola, Giovanni Pilan, Larissa Antonello, Layla Faraj, Liz Olivier, Lucas Amorim, Luiza Loup, Luiza Martucci, Marcela Fernandes, Marcela Furlan, Natália Melli, Rafael Licks, Rayssa Emy, Thaisa Carvalho e Thiago Lima. Trilha sonora: criação coletiva. Figurino: criação coletiva com apoio do acervo da Cia. da Revista. Preparação vocal: Alessandra Zalaf. Operação de luz: Beto Martins. Assistência de direção: Luana Pessi e Sarah Angelis. Produção executiva: Maristela Bueno. Produção: Rodrigo Trevisan e Renato Campagnoli. Design gráfico: Felipe Barros. Coordenação pedagógica: Josemir Kowalick. Coordenação geral: Hudson Glauber. Realização: Escola de Atores Wolf Maya.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado