SÃO PAULO – O espetáculo Mártir volta em cartaz no Teatro Cacilda Becker, a partir do dia 12 de janeiro. Com direção de Soledad Yunge, a peça busca uma reflexão sobre a intolerância religiosa e os discursos de ódio a partir da história de um adolescente que se transforma em um fundamentalista depois de começar a ler a Bíblia. O texto é de Marius Von Mayenburg, um dos principais nomes do teatro alemão contemporâneo.

Com direção de Soledad Yunge, A ideia de pesquisar cenicamente esses temas surgiu em 2015, depois que a Cia. Arthur-Arnaldo ministrou oficinas de teatro em escolas públicas e particulares no projeto #JOVENS contemplado pelo Programa Municipal de Fomento ao Teatro para a cidade de São Paulo. Na ocasião, os artistas perceberam a existência de uma juventude religiosa que tem ganhado força nos últimos anos.

O elenco conta com a participação dos atores: Ana Andreatta, Carlos Morelli, Edu Guimarães, Georgina Castro, João Bienemann, Júlia Novaes, Taiguara Chagas e Tuna Serzedello.

 

 Mártir foi escrita em 2012, a peça ficou em cartaz no Teatro Schaubühne em Berlim com direção do próprio autor. Foi descrita pelo jornal britânico The Guardian como “provocativa e terrivelmente engraçada” por ocasião da montagem britânica do texto em 2015. A tradução do texto alemão para o português, assinada por Christine Röhrig, foi concedida à Cia. Arthur-Arnaldo pelo Goethe Institut.

CIA. ARTHUR-ARNALDO

Criada em 1996, a Cia. Arthur-Arnaldo tem sua linha de pesquisa atrelada a temas sociais e políticos. Desde 2006, o grupo dedica-se à montagem de textos voltados para o público jovem, foi indicada várias vezes ao Prêmio FEMSA de Teatro Jovem, entre outros.

Alguns dos trabalhos mais recentes da Companhia são “Rolê” (2015) e “Os Pés Murchos x Os Cabeças de Bagre” (2014), ambos com texto de Tuna Serzedello; “Coro dos Maus Alunos” (2013), de Tiago Rodrigues; “Feizbuk”, de José Maria Muscari; e “DNA” (2009), de Dennis Kelly.

FICHA TÉCNICA

Texto: Marius Von Mayenburg

Tradução: Christine Röhrig

Elenco: Ana Andreatta, Carlos Morelli, Edu Guimarães, Georgina Castro, João Bienemann, Júlia Novaes, Taiguara Chagas e Tuna Serzedello.

Direção: Soledad Yunge

Assistente de Direção: Luisa Taborda

Trilha sonora original: Fabio Muepetmo

Cenário, Figurino e Iluminação: Rafael Souza

Produção Executiva: Carú Lima

Direção de produção: Soledad Yunge

Realização: Cia. Arthur-Arnaldo da Cooperativa Paulista de Teatro

Assessoria de Imprensa: Pombo Correio

SERVIÇO

“Mártir”, da Cia. Arthur-Arnaldo

Teatro Cacilda Becker – Rua Tito, 295 – Lapa

Temporada: de 12 de janeiro a 4 de fevereiro de 2018

Às sextas e aos sábados, às 21h, e aos domingos, às 19h

*Sessão extra ocorre no dia 25 de janeiro, às 21h

Ingressos: grátis, com distribuição de convites uma hora antes de cada sessão

Duração: 80 minutos

Classificação: 14 anos

Lotação: 198 lugares

 

Redação do Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com.br) 

Foto: Edson kumasaka