Ministério da Cultura da Croácia realiza espetáculo em SP com ator brasileiro e atriz croata

SÃO PAULO – Nos últimos anos, o ator e performer Robson Catalunha vem criando parcerias com artistas nos EUA, Europa, África e Ásia. Há dois anos, no The Watermill Center (laboratório de inspiração e performance do diretor americano Bob Wilson, em Nova Iorque), Robson conheceu Vesna Mačković, artista multidisciplinar que vem criando trabalhos nos quatro continentes. Desse encontro em Nova Iorque surgiu o convite para Meu Discurso, primeiro trabalho da artista, em Zagreb, com um artista estrangeiro.

Foto do Museu que foi palco do espetáculo com Robson Catalunha na Croácia. Foto: arquivo/Facebook

A estreia de Meu Discurso aconteceu no dia 05 de outubro de 2019, em Zagreb, capital da Croácia, no teatro do Museu de Arte Contemporânea de Zagreb, e, em São Paulo, dia 18 de outubro, no Espaço dos Satyros Um. O trabalho é patrocinado pelo Ministério da Cultura da Croácia e conta com apoio do Museu de Arte Contemporânea de Zagreb e do Satyros.

Robson declarou em suas redes sociais que  nunca ensaiou tanto para um trabalho e descobriu 13 maneiras de dizer seu nome em croata. “eu nunca ensaiei tanto na minha vida. Em um dia, por exemplo, foram catorze horas ininterruptas de ensaio (paramos apenas pra almoçar, mas, o assunto do almoço foi o trabalho). Meu Discurso é uma investigação sobre as (im)possibilidades de comunicação causadas por línguas maternas completamente diferentes, desde o período pré-histórico aos dias de hoje. “O que você está dizendo e o que estou dizendo?” e “Qual é o meu discurso e qual é o seu?” são algumas das perguntas que nos movem”, afirmou.

O ator define o trabalho como um espetáculo “sobre diferenças e semelhanças, sobre nossos contextos políticos e idiossincrasias. Nossas conversas transitam da história da Croácia ao futebol e do “descobrimento” do Brasil às guerras mundiais”.

Kyra Piscitelli

Kyra Piscitelli é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e fez pós-graduação em Globalização e Cultura pela Faculdade de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Escreve sobre teatro e arte desde de 2009. Integra os Juris da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e do Prêmio Aplauso Brasil. Ávida por conhecimento, se não está em viagem ou estudo, só há um lugar para achá-la: o teatro!

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*