Mirada 2018: Homenageia país de Gabriel García Márquez

SANTOS* – Terceiro país mais populoso de língua espanhola, com grande biodiversidade e vasta diferenças étnicas, a Colômbia – também conhecida pela guerra ao narcotráfico (quem nunca ouviu falar em Pablo Escobar ou no Cartel de Medelín), pelas desigualdades sociais e um contingente de cidadãos desaparecidos e assassinados que, como bem pontuou o Diretor Regional do SESC SP, aproxima o país do nosso histórico – é o país homenageado da quinta edição do Mirada. O Festival Ibero Americano de Artes Cênicas começa hoje, com a apresentação de Labio de Liebre, do Teatro Petra.

Vítimas e algoz se encontram, de maneira bastante inusitada, para um acerto de contas em Labio de Liebre, escrita e dirigida por Fabio Rubiano Orjuela, com o colombiano Teatro Petra. Uma família que foi assassinada por Salvo Castello (vivido por Fabio Rubiano Orjuela), passa a assombrá-lo agora, que ele se encontra exilado, para que ele sofra o que a família sofreu.

Seguindo a trilha de seu conterrâneo Gabriel García Márquez, Labio de Liebre se utiliza do realismo fantástico para narrar sua história que, segundo escreveu Fábio Rubiano em El Espectador (LEIA A MATÉRIA), coloca a questão das vítimas e de seus algozes sem tomar partido de nenhum. Rubiano afirma também que nesse espetáculo, que busca perambular entre o drama e o humor negro, “o assassino mais cruel chora e justifica que o que fez foi por convicção de poderia mudar seu país”.

Além de Labio de Liebre, o Teatro Petra apresenta Cuando Estallan Las Paredes e Souvenir Asiatico.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR A PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO MIRADA 2018.

Labio de Liebre | Teatro Petra

75 min

14 anos (contém cenas de nudez)

Texto e direção: Fabio Rubiano Orjuela

Elenco: Marcela Valencia, Liliana Escobar, Jacques Toukhmanian, Ana María Cuellar, Mauricio Santos e Fabio Rubiano
Direção de Arte: Laura Villegas

Composição musical e desenho de som: Camilo Sanabria

Iluminação: Adelio Leiva e Leonardo Murcia
Cenografia: Henry Alarcón
Comunicação: Teatro Petra – Liliana Escobar
Produtor Executivo: Daniel Alvarez Mikey

 

*Michel Fernandes viajou à convite do SESC SP

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado