MÔNICA MARTELLI REESTREIA “OS HOMENS SÃO DE MARTE… E É PRA LÁ QUE EU VOU!” NO TEATRO CETIP

monica_martelli-livio_campos-1bFernando Pivotto, para o Aplauso Brasil (fernando@aplausobrasil.com.br)

SÃO PAULO – Em cartaz há mais de uma década, a comédia rendeu uma indicação ao Shell de Melhor Atriz para sua criadora, além de ter ganhado versões para cinema, televisão e estar prestes a se tornar livro. O monólogo sobre as desventuras amorosas de uma mulher reestreia no dia 20 de janeiro, no Teatro Cetip.

Com texto e interpretação de Mônica Martelli e direção de Victor Garcia Peralta, Os Homens São de Marte… E É Pra Lá Que Eu Vou! retorna a São Paulo para cumprir uma curta temporada, de 20 de janeiro a 05 de fevereiro.

O monólogo cômico conta a história de uma solteira de 39 anos que trabalha na organização de festas de casamento. Sua busca pelo próprio amor a faz se envolver tão intensamente com os homens que a torna muito parecida com cada um deles, independente de tipos físicos ou condições sociais.

Usando como base o próprio período de solteirice após o término de um longo relacionamento, Mônica decidiu escrever o espetáculo depois de se cansar da rotina de testes de elenco. “Quando escrevi esse texto coloquei tudo que passei quando estava solteira, sem receios. Todas as angústias, medos, decepções, alegrias e expectativas, está tudo em cena. A personagem é muito otimista. Mesmo os relacionamentos não dando certo ela insiste. Quando termina ela vira a página, encontra outro e acredita no amor”, explica.

Sucesso instantâneo, o monólogo estreou em 2005 e já percorreu todo o Brasil, além de cumprir temporada em Portugal. O espetáculo também foi adaptado para os cinemas em 2014 e inspirou uma série de televisão de três temporadas.

A atriz credita o sucesso do projeto à identificação que o público tem com a protagonista, Fernanda. A Fernanda é uma mulher independente, moderna, que trabalha e quer viver o amor. Ela fala isso abertamente, sem medo por que o desejo de encontrar o amor é atemporal, é de todas as épocas. O texto vai direto no coração das mulheres, mas o homens amam a peça também”. Para a atriz as formas de se relacionar hoje em dia são diferentes de quando a peça estreou há 11 anos. “Os formatos de relacionamentos mudaram, não é mais tão frequente o modelo de casamento tradicional e isso é libertador. Mas o desejo de encontrar um par não muda nunca. Acho que todo mundo quer dormir de conchinha”, afirma.

Os Homens São de Marte… E É Pra Lá Que Eu Vou!
Texto e interpretação: Mônica Martelli
Direção: Victor Garcia Peralta
Realização: Capri Produções e Pad Rok Produções Culturais

Serviço:
De 20 de janeiro a 5 de fevereiro de 2017. Sextas e sábados, 21h e domingos, 18h
Ingresso: De R$ 70,00 a R$ 100,00
Local: Teatro Cetip. Rua Coropés, 88. Pinheiros

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*