SÃO PAULO – Escrito pelo dramaturgo Luiz Marfuz, especialmente para comemorar os 40 anos de carreira do ator baiano Hilton Cobra, com direção de Fernanda Júlia (NATA – Núcleo Afrobrasileiro de Teatro de Alagoinhas), a obra mostra uma imaginária sessão de autópsia na cabeça de Lima Barreto, conduzida por médicos eugenistas, defensores da higienização racial no Brasil, na década de trinta. O propósito seria esclarecer “como um cérebro considerado inferior poderia ter produzido uma obra literária de porte se o privilégio da arte nobre e da boa escrita é das raças tidas como superiores?”. A partir desse embate, a peça mostra as várias facetas da personalidade e obra de Lima Barreto.

A narrativa do espetáculo ganha força com trechos dos filmes Homo Sapiens 1900 e Arquitetura da Destruição – ambos cedidos gentilmente pelo cineasta sueco Peter Cohen. O cenário, de Marcio Meirelles busca força juntamente com o figurino de Biza Vianna. O espetáculo tem ainda a luz de Jorginho de Carvalho, a direção de movimento de Zebrinha, a música de Jarbas Bittencourt e os vídeos de David Aynnan. Os atores Lázaro Ramos, Frank Menezes, Harildo Déda, Hebe Alves, Rui Manthur e Stephane Bourgade emprestam suas vozes para a leitura em off de textos de apoio à cena.

Ficha Técnica:

Ator – Hilton Cobra | Dramaturgia – Luiz Marfuz | Direção – Fernanda Júlia – | Cenário – Vila de Taipa (Laboratório de Investigação de Espaços do Teatro Vila Velha), Erick Saboya, Igor Liberato e Márcio Meireles | Direção de Movimentos – Zebrinha | Direção Musical – Jarbas Bittencourt |Direção de Vídeo – David Aynnan  | Desenho de Luz – Jorginho de Carvalho Valmyr Ferreira | Figurino –Biza Vianna  | Assist. Direção, Preparação corporal e vocal – Fernando Santana | Adereços – Dominique Faislon | Design gráfico – Bob Siqueira  | Produção executiva – Afonso Drumond | Produção local – Lucimara Martins | Ass. de Imprensa – Marcia Vilela |Fotos – Adeloya Magnoni.

Participações especiais (voz em off): Lázaro Ramos, Frank Menezes, Harildo Deda, Hebe Alves, Rui Manthur e Stephane Bourgade

SERVIÇO:
Traga-me a Cabeça de Lima Barreto

De 12 de julho a 5 de agosto, quinta, sexta e sábado, às 21h30. Domingos, às 18h30.

 

Espaço Cênico: 60 lugares

Ingressos: R$6 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$10 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$20 (inteira).

 

Venda online a partir de 3 de julho, terça-feira, às 12h.
Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 4 de julho, quarta-feira, às 17h30.

 

Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 14 anos.

 

Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93.
Não temos estacionamento. Para informações sobre outras programações, acesse o portal sescsp.org.br/pompeia