MTPAG 2013: A hora e a vez de Anhembi

Michel Fernandes é colaborador especial do Projeto Ademar Guerra (michel@aplausobrasil.com)

"Sonho só com o Coração", do município de Anhembi - crédito foto: Dirceu Machado
“Sonho só com o Coração”, do município de Anhembi – crédito foto: Dirceu Machado

GARÇA (SP) –Realmente acredito quando se fala que o Brasil tem infinitos brasis dentro de si. Acredito porque experienciei, na Mostra de Teatro Ademar Guerra, a possibilidade de infinitas sãopaulos dentro de São Paulo. E aprendi com a singeleza de um grupo formado por jovens e crianças da cidade, com pouco mais de cinco mil habitantes, chamada Anhembi. É o primeiro grupo de teatro de lá; falta algo de experiência, mas e dai? Há algo de maior que aprendemos com eles: paixão, entrega, saímos com a alma acariciada de Sonho só com o Coração.

Embora a idade represente uma estrada longa a ser trilhada e sem destino esboçado, é certo que tal experiência  que vivenciaram nesse breve processo de Sonho só com o Coração , deixará marcas indeléveis em suas formações individuais, pelo menos é o que fica evidente logo na entrada do grupo: a simpatia com que os atores entram em cena, conquista de imediato a plateia. Então me pergunto por que grande parte dos elencos profissionais com suas técnicas virtuosísticas, não alcançam tamanha verdade cênica, espontaneidade como a novata Anhambus. É simples: somos contaminados pelo vinculo apaixonado entre eles e a arte que executam porque sentimos que aquilo os faz mais plenos no viver..

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.