MUSICAL FEITO COM DEFICIENTES VISUAIS DISCUTE INCLUSÃO SOCIAL NO THEATRO SÃO PEDRO

Redação do Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com)

Espetáculo é feito e escrito por deficientes visuais e faz uma apresentação no Theatro São Pedro, em Dezembro. Foto/arquivo: Fabiana-Resende
Espetáculo é feito e escrito por deficientes visuais e faz uma apresentação no Theatro São Pedro, em Dezembro. Foto/arquivo: Fabiana-Resende

SÃO PAULO – No próximo dia 9 de dezembro, às 20 horas, o Grupo Cênico e Musical da Adeva se une a integrantes do Coral da Adeva para levar o espetáculo Terra de Cavalos para o Theatro São Pedro. Com um elenco e músicos deficientes visuais, o texto inédito quer trazer a inclusão social para o palco.

Seguindo a proposta de um espetáculo inclusivo, Terra de Cavalos terá recurso de audiodescrição. O texto teatral foi criado por Markiano Charan Filho, autor de vários livros infantis, e conta com a direção musical do maestro Júlio Battesti e a direção cênica da atriz e diretora Fabiana Resende.

A história se passa em um território magico, onde cavalos representam oportunidades e desafios para que se possa seguir no caminho.

A preparação do elenco foi embasada em métodos do dramaturgo brasileiro Augusto Boal e do diretor e pedagogo russo Constantin Stanislavski. Ao usar esses grandes nomes do teatro como inspiração, a montagem pretende abordar a inclusão nas artes usando o espaço do próprio teatro.

Elenco
Cantores: Lucila Peris, Sibele Lopes, Andréia Alves Lima, Célia Aparecida Ferreira, Rosalinda Moreno, Leticia Souza, Tamiris Gusmão, Valéria Verçosa, Neuza Ferreira, Luzia Ferreira, Ana Paula Santana, Raimunda de Fátima, Milene Cristina, Roseli Fernandes, Antônio Manente, Lucinho Luna, Jair Cavalis, Antiórginis Miguel

Atores: Júlly Blasi, Valéria Verçosa, Luzia Ferreira, Du Fernandes, Karina Souza, Amanda Souza, Letícia Souza, Lisa Pereira, , Milene Cristina, Claudemir Borges, Markiano Charan Filho.

Músicos: Anita Naif (flauta), Denis Shimabokuro (clarinete e sax), Jair Cavalis (percussão), Fernando Tosta (baixo acústico), Luiz Sena (violoncelo) e Júlio Battesti (violâo e teclados).

Theatro São Pedro
Rua Dr. Albuquerque Lins, 207 – Campos Elíseos
Bilheteria: (11) 3667-0499

Sobre a Adeva

A Adeva – Associação de Deficientes Visuais e Amigos é uma organização sem fins lucrativos que desde sua fundação, em 1978, presta relevantes serviços em favor das pessoas com deficiência visual. Atuando na cidade de São Paulo e em cidades vizinhas, a Adeva tem como missão promover a inclusão do deficiente visual na sociedade, por meio de uma educação global integrada e de sua capacitação, reciclagem profissional e inserção no mercado de trabalho, preparando-a para o pleno exercício da cidadania.

Criado em 2002, o Coral da Adeva tem em seu currículo, sob a regência do maestro Júlio Battesti, mais de uma centena de apresentações em teatros e casas de espetáculos, encontros de corais, igrejas, clubes, deixando uma impressão muito positiva em seus espectadores por sua qualidade musical. A proposta do grupo é trazer peças populares de compositores renomados, em arranjos originais que criam uma sonoridade peculiar em suas interpretações.

Da mesma forma, o Grupo Cênico Todo Mundo Vendo, criado em fevereiro de 2015, com aulas ministradas pela atriz e diretora Fabiana Resende, vem desenvolvendo os elementos necessários para a atuação dramática dos participantes em sua plenitude. A proposta pedagógica implantada foi sendo gradativamente assimilada pelos participantes, e gratas surpresas emergiram no grupo, revelando talentos que estão sendo lapidados através um intenso trabalho. “Terra de Cavalos” será a primeira montagem do Grupo.

Sobre o autor

O autor do roteiro do musical, Markiano Charan Filho, é deficiente visual e também presidente da Adeva – Associação de Deficientes Visuais e Amigos. Professor de Inglês e Informática, ele é autor dos livros infantis “Rodrigo Enxerga Tudo” (2006), “Rodrigo Bom de Bola” (2007) e “Rodrigo na Era Digital” (2012), publicados pela Editora Nova Alexandria. Como presidente da Adeva desenvolve oficinas que estimulam o sensorial em pessoas sem deficiência (crianças e adultos) e faz palestras sobre mitos e verdades a respeito de pessoas com deficiência visual e sobre o uso da tecnologia assistiva na inclusão social das pessoas com deficiência.

Kyra Piscitelli

Kyra Piscitelli é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e fez pós-graduação em Globalização e Cultura pela Faculdade de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Escreve sobre teatro e arte desde de 2009. Integra os Juris da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e do Prêmio Aplauso Brasil. Ávida por conhecimento, se não está em viagem ou estudo, só há um lugar para achá-la: o teatro!

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*