Nana Caymmi faz shows com novidades no SESC Vila Mariana

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplasobrasil.com)

Nana Caymmi celebra meio século de carreira

SÃO PAULO – Para comemorar os seus 50 anos de carreira, a cantora Nana Caymmi sobe ao palco do Teatro do SESC Vila Mariana, em São Paulo, para uma série de shows nos dias 06, 07 e 08 de janeiro. O repertório especial para os espetáculos revisa toda a sua trajetória artística, acompanhada de composições de Tom Jobim, Roberto Carlos, e de seu pai, Dorival Caymmi.

Para esta apresentação a artista será acompanhada dos músicos Cristovão Bastos (piano e arranjos), Lula Galvão (Violão), Carlos César Mota (Bateria) e Jamil Joanes (Baixo).

Filha de Dorival Caymmi e Stella Maris, irmã de Danilo e Dori Caymmi, Nana Caymmi cresceu numa das famílias mais musicais do Brasil. Começou a cantar ainda muito jovem, adotando desde cedo uma técnica particular para valorizar seu timbre grave. Em 1963 gravou seu primeiro LP e em 1966 venceu o I Festival Internacional da Canção (TV Globo), interpretando a canção Saveiros (Dori Caymmi e Nelson Motta). Após um hiato de oito anos sem gravar, lançou, em de 1975, o LP Nana Caymmi (CID) e no ano seguinte Renascer.

Em 1983, gravou com César Camargo Mariano, o disco Voz e Suor. Em 1991 se apresentou ao lado do irmão Danilo, no espetáculo realizado no Rio Show Festival (RJ), que reuniu Dorival Caymmi e Tom Jobim. Participou do XXV Festival Internacional de Jazz de Montreux. Já em 1994, lançou o sublime CD A Noite do Meu Bem – As Canções de Dolores Duran. Três anos mais tarde, gravou, no Teatro Rival (Rio de Janeiro), seu primeiro disco solo ao vivo, No Coração do Rio, seguindo em turnê pelo país. Em 1999, foi contemplada com o primeiro Disco de Ouro de sua carreira, pelas cem mil cópias vendidas do CD Resposta ao Tempo.

Já em 2000, comemorando 40 anos de carreira, lançou o CD Sangre de mi alma, cantando em espanhol uma seleção de boleros. Em 2002, lançou o CD O Mar e o Tempo , que continha exclusivamente obras de Dorival Caymmi. Em 2004, em comemoração aos 90 anos de seu pai, lançou, com os irmãos Dori e Danilo, o CD Para Caymmi, de Nana, Dori e Danilo, uma homenagem dos três irmãos ao pai. Em 2005, lançou Falando de Amor e quatro anos depois Sem Poupar Coração.

<a href="“>

Nana Caymmi

06, 07 e 08 de janeiro.

Sexta e sábado, às 21h e domingo, às 18h.

Teatro – 601 lugares

Venda pelo sistema INGRESSOSESC, a partir de 23/12, às 14h. Não recomendado para menores de 12 anos.R$ 42,00 (inteira); R$ 21,00 (usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino). R$ 10,00 (trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes).

SESC Vila Mariana

Rua Pelotas, 141

Informações: 5080-3000

0800-118220

www.sescsp.org.br

http://facebook.com/sescvilamariana

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.