No Teatro Leblon, Labirinto volta ao Rio de Janeiro

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

Qorpo Santo segundo Moacir Chaves

Depois da bem sucedida temporada de estreia no Espaço SESC, em Copacabana, e de suas apresentações no Festival de Curitiba e no Porto Alegre Em Cena, a peça Labirinto volta aos palcos cariocas. Idealizado e dirigido por Moacir Chaves e realizado com sua companhia, Alfândega 88 Cia. de Teatro, o espetáculo entra em cartaz hoje para ficar até 26 de outubro no Teatro Leblon (Sala Marília Pêra), sempre às terças e quartas, às 21horas.

O espetáculo reúne três textos do dramaturgo José Joaquim de Campos Leão, conhecido como Qorpo- Santo: As Relações Naturais, A Separação de Dois Esposos e Hoje Sou Um e Amanhã Outro. Em As Relações Naturais, a fronteira entre o certo e o errado se dilui em uma família na qual as filhas são prostitutas, a mãe é a cafetina e o pai é o cliente. A Separação de Dois Esposos tornou-se conhecida por ser a primeira peça brasileira a tratar da temática homossexual. Já o excerto de Hoje Sou Um e Amanhã Outro, que é levado à cena, mostra o dramaturgo descrevendo sua vida e seus conflitos.

Classificado pelo estudioso de sua obra Eudinyr Fraga como “uma esquisitice da literatura brasileira”, Qorpo-Santo antevê em décadas questões formais que só encontrariam sua expressão máxima na dramaturgia que veio a ser conhecida, em meados do século 20, como o Teatro do Absurdo. Sua obra antecipa questões de forte cunho humano e social, como liberdade sexual, direito ao prazer, emancipação feminina, dentre várias outras que permanecem contundentes e atualíssimas. Apesar disso, o autor permanece pouquíssimo encenado e praticamente desconhecido do grande público.

"Labirinto" reúne textos de Qorpo Santo

Nesta montagem, Moacir Chaves e os integrantes da Alfândega 88 Cia. de Teatro buscam explorar ao máximo as possibilidades cênicas da dramaturgia de Qorpo -Santo. A equipe de criação, composta por Fernando Mello da Costa (cenografia), Aurélio de Simoni (iluminação), Tato Taborda (direção musical), Inês Salgado (figurinos) e Maurício Grecco (programação visual), trabalha com constância com o diretor. Juntos, já realizaram mais de 20 espetáculos e conquistaram inúmeros prêmios e indicações.

O elenco da Alfândega 88 Cia. de Teatro é formado por atores que mantiveram, ao longo dos anos, uma relação de parceria com o diretor, tendo com ele trabalhado em diversas outras ocasiões, como Elisa Pinheiro (Ovo Frito, Utopia e O Jardim das Cerejeiras), Fernando Lopes Lima (A Resistível Ascensão de Arturo Ui), Gabriel Delfino Marques (Idiotas que Falam Outra Língua e Macbeth), Peter Boos (Macbeth, O Jardim das Cerejeiras e Ecos da Inquisição), Andy Gercker (O Mez da Grippe), Danielle Martins de Farias (Merci e A lua vem da Ásia), Diego Molina (O Retorno ao Deserto e O Jardim das Cerejeiras), Mariana Guimarães (Ecos da Inquisição) entre outros. Esta parceria constante sinaliza a profunda afinidade artística do grupo, que, com este espetáculo, formalizou a criação da companhia e hoje mantém uma rotina de encontros para treinamento e pesquisa de linguagem.

O próximo espetáculo do grupo, A Negra Felicidade, será baseado em textos do Padre Antônio Vieira e nos autos do processo de libertação da escrava Felicidade. A montagem chegará ao palco no começo de 2012.

FICHA TÉCNICA

DIREÇÃO: Moacir Chaves

TEXTO: Qorpo Santo

ELENCO: Adriana Seiffert, Andy Gercker, Danielle Martins de Farias, Denise Pimenta, Diego Molina, Elisa Pinheiro, Fernando Lopes Lima, Gabriel Delfino, José Karini, Mariana Guimarães, Pâmela Côto, Peter Boos e Rita Fischer

ILUMINAÇÃO: Aurélio de Simoni

CENÁRIO: Fernando Mello da Costa

FIGURINOS: Inês Salgado

DIREÇÃO MUSICAL: Tato Taborda

ASSISTÊNCIA DE DIREÇÃO: Danielle Martins de Farias

PROJETO GRÁFICO: Maurício Grecco

FOTOS: Guga Melgar

UM PROJETO da Alfândega 88 Cia. de Teatro

SERVIÇO RE-ESTREIA LABIRINTO

LOCAL: Teatro Leblon, sala Marília Pêra

ENDEREÇO:  Rua Conde de Bernadotte, 26 – Leblon

TEMPORADA: de 20 de setembro a 26 de outubro de 2011

Horário: terças e quartas, às 21h

INGRESSOS: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia)

Telefone: (21) 2529-7700

Classificação: 14 anos

Duração: 90 minutos

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*