NÚCLEO EXPERIMENTAL REESTREIA “URINAL, O MUSICAL” NO TEATRO PORTO SEGURO

Fernando Pivotto, para o Aplauso Brasil (fernando@aplausobrasil.com)

Urinal%2c o Musical_2_Foto de Ronaldo GutierrezSÃO PAULO – O aclamado musical, com direção de Zé Henrique de Paula, aborda a insurreição organizada por Bonitão contra a onipotente Companhia da Boa Urina. A nova temporada começa na quarta-feira (17), às 21h.

Uma seca de vinte anos causou uma terrível falta de água, fazendo com que banheiros particulares deixassem de existir. Toda a atividade sanitária da população é realizada em banheiros públicos controlados por uma megacorporação chamada Companhia da Boa Urina, comandada pelo ardiloso Patrãozinho. Há leis severas garantindo que o povo pague para fazer xixi, e se elas forem quebradas, o culpado é enviado para a colônia penal conhecida como “Urinal”, de onde os criminosos jamais retornam. O status vigente permanece inalterado, até que o jovem Bonitão, inspirado pela bela e radiante Luz, inicia uma revolta popular que pode mudar o destino de todos.

Este é o mote do espetáculo Urinal, o Musical, trabalho do Núcleo Experimental, inspirado em Urinetown  do dramaturgo Greg Kotis (premiado com um Obie Award e dois Tony Awards). “A escolha do texto se deu, principalmente, pela atualidade e contundência dos temas que aborda: o consumismo, o poder das corporações, a escassez de recursos naturais e a vida em padrões sustentáveis. Em meio à maior crise hídrica já vivida no estado de São Paulo, nos parece essencial trazer ao debate as consequências de um estilo de vida que já ultrapassou todos os limites de sustentabilidade. Por meio do humor e da música, questões urgentes são trazidas à cena, ilustrando um futuro apocalíptico que em muito se assemelha ao presente que vivemos”, declara o diretor Zé Henrique de Paula.

A montagem brasileira tem como inspiração os cabarés alemães do começo do século XX, especialmente os trabalhos de Bertolt Brecht e Kurt Weil – influência para o Urinetown original – além de reconhecer similaridades com os futuros distópicos de George Orwell e Aldous Huxley, e de subverter o esquema convencional da Broadway.

“Em Urinal experimentamos trabalhar com um musical americano em moldes completamente diferentes dos que observamos em musicais desse tipo, mesmo em nosso país. Primeiro, não realizamos audições, o elenco é quase todo formado por de atores com grande experiência em teatro e com pouca ou nenhuma experiência em musicais. Segundo, o tratamento sonoro, há uma heterogeneidade muito grande de idades e tipos físicos dentro do elenco e isto se reflete na sonoridade do grupo”, afirma a diretora musical Fernanda Maia. Acompanham os atores uma banda formada por piano, baixo, bateria, clarinete, saxofone e trombone.

Realizado pelo Núcleo Experimental com recursos provenientes do Prêmio Zé Renato de apoio à produção e desenvolvimento da atividade teatral para a cidade de São Paulo, Urinal tem preparação de atores de Inês Aranha, que também é responsável pelas coreografias ao lado de Gabriel Malo. O projeto sonoro é de Raul Teixeira e a coordenação de produção de Claudia Miranda.

URINAL, O MUSICAL
Texto: Greg Kotis e Mark Hollmann.
Versão em Português: Fernanda Maia e Zé Henrique de Paula.
Supervisão das Versões: Claudio Botelho.
Direção: Zé Henrique de Paula.
Direção Musical e Regência: Fernanda Maia.
Elenco: Adriana Alencar, Arthur Berges, Bia Bologna, Bruna Guerin, Caio Salay, Fabio Redkowicz, Gerson Steves, Jonathan Faria, Luciana Ramanzini, Marcella Piccin, Nábia Vilella, Pier Marchi, Roney Facchini, Thiago Carreira,Tony Germano eZé Henrique de Paula.
Músicos: Rafa Miranda (Piano), Clara Bastos e Pedro Macedo (Baixo), Abner Paul e Rafael Lourenço (Bateria), Flávio Rubens e Marco Rochael (Clarinete/clarone/Saxofone soprano e saxofone alto) e Valdemar Santos Nevada e Evandro Bezerra (Trombone).
Preparação de Atores: Inês Aranha.
Preparação Vocal: Fernanda Maia.

SERVIÇO
De 17 de fevereiro a 21 de abril. Quartas e quintas, às 21h.
Ingressos: R$ 80,00 plateia / R$ 50,00 balcão e frisas
Classificação: 10 anos
Duração: 135 minutos (15 min de intervalo)

TEATRO PORTO SEGURO. Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos – São Paulo.
Telefone (11) 3226.7300

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*