Artigo O adeus ao iluminador Binho Schaefer

 

Foto de quando Pivetti entregou o prêmio ao amigo Binho. Foto: arquivo pessoal/ Pivetti

 

EM REDE – O iluminador Binho Schaefer morreu no sábado (9), após complicações de uma cirurgia bariátrica. Profissional renomado no mundo cultural, Binho ganhou o VI Prêmio Aplauso Brasil de Teatro, no voto popular por Teresinha e Grande Sertão: Veredas. Além de grandes espetáculos, também era responsável pela luz de shows de músicos como Djavan e Maria Bethânia.

No ano em que ganhou o prêmio Aplauso Brasil, Binho não pode ir à noite de festa e seu amigo e também iluminador, Cesar Pivetti, subiu ao palco para pegar o troféu. Por isso, o convidamos para homenagear o Binho. Leia abaixo:

 

Adeus Binho!

Adeus Gigante da vida!

Adeus Gigante dos palcos!

Nessa nova geração da luz você era referência.

Binho tinha a sensibilidade de poucos.

Sua generosidade era ímpar!

Seu cuidado era o cuidado que somente os nobres tem!

Exemplo de pai.

Exemplo de companheiro.

Exemplo de esposo.

Sua luz pintava!

Sua luz emocionava!

Sua luz encantava!

Você traduzia sentimento com luz!

Você pintava com sua arte!

Você encantava com sua arte!

Hoje o mundo fica um pouco menos iluminado.

Hoje perdemos não somente a referência de como você com sua arte tornava tudo gigantesco!

Perdemos a sua arte que  encantava.

Perdemos a sua arte que era sensível!

Sua arte era do seu tamanho!

Hoje perdemos não um artista, mas um ser humano que tinha o poder de iluminar tudo e todos a sua volta!

Continue nos iluminando de onde estiver!

Simplesmente continue!

Te amamos!

Cesar Pivetti, especialmente para o Aplauso Brasil.