O Médico e o Monstro estreia no Rio de Janeiro

Luís Francisco Wasilewski, para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

'O médico e o monstro' - crédito foto Cabera
‘O médico e o monstro’ – crédito foto Cabera

RIO DE JANEIRO – Estreia na próxima quinta-feira (10), no Teatro Municipal Café Pequeno, o espetáculo O Médico e o Monstro, uma montagem teatral da versão de George Osterman para este clássico da literatura, do cinema e do teatro.

Fc Osterman era integrante da companhia do Teatro do Ridículo de Nova Iorque,que marcou a cena norte-americana na década de 1970 com espetáculos que parodiavam clássicos da literatura. Fundado por Charles Ludlam, o Teatro do Ridículo é considerado uma das manifestações mais transgressivas do teatro daquela época. Foi Ludlam quem escreveu para a companhia O Mistério de Irma Vap, cuja encenação aqui com Marco Nanini e Ney Latorraca no elenco, sob a direção de Marília Pêra, foi um dos espetáculos de maior sucesso da história do teatro brasileiro.

'O médico e o monstro' - crédito foto Cabera
‘O médico e o monstro’ – crédito foto Cabera

Com direção de César Augusto e direção de produção de Fernando Libonati, O Médico e o Monstro tem no seu elenco BruceGomlevsky, Débora Lamm, Erica Migon, Hugo Resende,Isabel Cavalcanti,Marcelo OlintoeMichel Blois.

A peça, inédita no Rio de Janeiro, traz uma leitura cômica deste clássico do suspense e terror. Em sua primeira montagem brasileira, realizada no ano de 1994, com direção de Marco Nanini e tendo Ney Latorraca no papel de Dr. Jekyll e de Edward Hyde, o espetáculo cumpriu temporada no Teatro Cultura Artística e no TUCA, ambos em São Paulo. Agora, essa nova montagem contemplada com o Edital Eletrobrás 2012, cumpre temporada no teatro Café Pequeno e,em março, no Teatro Ipanema.

 

'O médico e o monstro' - crédito foto Cabera
‘O médico e o monstro’ – crédito foto Cabera

Ficha Técnica

Texto: George Osterman

Tradução: Erica Migon e Úrsula Migon

Adaptação: Cesar Augusto e Fabiano de Freitas

Direção: Cesar Augusto

Diretor Assistente: Fabiano de Freitas

Elenco: Bruce Gomlevsky, Débora Lamm, Erica Migon, Hugo Resende, Isabel Cavalcanti, Marcelo Olinto e Michel Blois

Direção de Arte e Cenografia: Bia Junqueira

Iluminação: Luiz Paulo Nenen

Figurino: Antonio Guedes

Direção Musical: Marcelo Alonso Neves

Diretor Assistente: Fabiano de Freitas

Assistente de direção: Priscila Vidca

Direção de Movimento: Raquel Karro

Visagismo: Márcio Mello

Assessoria de Imprensa: Daniella Cavalcanti

Direção de Produção: Leila Maria Moreno

Produção Executiva: Isabel Sangirardi

Produzido por: Fernando Libonati e Marco Nanini

Realização: Trupe Produções Teatrais e Artísticas

Apoiadores: Kalli Cabelos e Mega Hair, Werner Tecidos, Galpão Gamboa, Câmbio, Kryolan Professional Make up, Éclat, Secretaria Municipal de Cultura – Teatro Municipal Café Pequeno

 

Serviço

Local: Teatro Municipal Café Pequeno (Av. Ataulfo de Paiva, 269 – Leblon)

Informações: (21) 2294-4480

Bilheteria: de quarta a domingo, das 16h às 20h

Horário: quinta a domingo, às 20h

Ingresso: R$ 30,00

Duração: 90 minutos

Classificação Etária: 18 anos

Capacidade: 100 lugares

Temporada: de 10 de janeiro a 03 de fevereiro de 2013

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado