O que você tem a dizer sobre o blog de poesias de Maria Bethânia?

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil (michel@aplausobrasil.com)

Show de Maria Bethânia no Caneção.Foto de Álvaro Riveros

Antes de abrir esse Diálogo Com o Leitor, que provavelmente gerará opiniões bastante polêmicas, é preciso que se compreenda que, com base na Lei Rouanet, à qual foi aprovado a captação de R$ 1,3 milhões para a criação de um blog em que a intérprete Maria Bethânia postará vídeos em que declamará poesias, o projeto seguiu regiamente uma lei por si mesma deficitária injusta.

Concordo com aqueles, inclusive os da classe artística, que pasmaram com a notícia, sobretudo pelo montante pedido por Bethânia como cachê para a execução de um projeto que, pareceu-me, louvável por sua proposta altruísta. Tampouco desmereço o aquilatado talento da “abelha rainha” da MPB em interpretar poesias, ou de Andrucha Waddington, cineasta responsável pelas filmagens, mas a questão é, mais do que  nunca, a urgência em  se pensar numa alternativa à Lei que permite ao departamento de marketing decidir qual artista é mais interessante apoiar financeiramente, ou seja, aquele que dará maior projeção midiática que valha o investimento da empresa.

E você, o que tem a dizer sobre a polêmica em torno do blog de poesias de Maria Bethânia?

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

8 Comentários
  1. Michel:
    A questão é polêmica mesmo. Qdo li a notícia pelos jornais, fiquei estarrecido com os valores. Postei minha indignação nas redes sociais, mas a reação das pessoas tb está acima do ponderado. Querem, me parece, linchar a cantora baiana, estão desrespeitando a linda, sensível e consistente carreria de Maria Bethânia. Isso também é inadmissível.
    No entanto, a essência está errada. A lei existe, mas é necessária uma revisão. Os valores do blog de poesia são extremamente elevados, por mais que a difusão literária seja de fundamental importância. Outro aspecto: com o prestígio que Bethânia tem, com certeza haveria patrocinadores com disposição para investir no produto cultural que ela está oferecendo. Nesse caso, com certeza os valores estariam mais próximos da realidade.
    bjs
    Maurício

  2. Oportunismo barato, digo, caro. Tanto ela quanto seus mkt fazem questão de não se inserir no contexto, a que chamam “porcaria” (pelo menos foi o que “justificou o tal Andrucha, quando disse que só tem porcaria na internet e que Eles vinham trazer… ah, sei lá). O blog existe e existiu em função dessa facilidade de leitura, divulgação, gratuidade, etc., etc., espontaneidade, cara limpa, webcam em qualquer lugar, etc., etc. Fazer essa superprodução vai contra o blog, seus conceitos, além de levar à intimidação, aliás, proposital, da feitura de blog por outras pessoas, que estão fazendo por pura generosidade. E triste mesmo é ver comentários, lá no Youtube, xingando quem está xingando, e exatamente falando que tem que acabar tudo e ficar só aquela maviosa única voz da Bethânia (nem tão maviosa, cá entre nós). Como assim? Quer dizer que o diferente de Bethânia não tem direito de existir? Já vi esse filme antes.

    1. muito boa participação. esse é o espírito do diálogo com o leitor: concorde ou discorde do tema, o que vale é uma discussão para pensar e agir sobre determinados assuntos.

  3. Discordo completamente com essa PALHAÇADA…O nosso país tem outros problemas prioritários ,como por exemplo a saúde. Mas vale lembrar que essa pouca vergonha serve para “abafar” muitos outros eacândalos que envolvem valores absurdos. Todo dia tem um escândalo que envolve desvio de dinheiro, ou mau emprego do dinheiro público, altas taxas de impostos, etc… Mas, ninguém se rebela contra todas essas outras coisas. Cadê aquele “brasileiro” que pinta a cara e vai para rua fazer um “panelaço” , fazer barulho, ser ouvido????
    Nós não podemos criticar um problema esquecendo outro!
    CUIDADO: O sistema em qual vivemos passa os dias se auto-sabotando . É preciso muitos rios de dinheiro para lavar a honra desse país…
    Não é a poesia que vai melhorar nossas vidas (chega a ser irônico)… Sem falar na amnésia que daqui a pouco vai dominar. Pensem nisso…

    1. querida susana, escrevo sobre cultura e não é PALHAÇADA abrir diálogos sobre coisas que são para ser discutidas em nossa área. Há mais escandalos que minha pequenina capacidade não me dá capacidade de argumentar com maior respaldo.

  4. Projeto elitista!
    Custo elevadíssimo!
    Muito pretensioso!
    Gostaria de saber quem vai aguentar 365 dias de versos/poemas declamados pela cantora.
    Após 30 dias, tudo isto vai virar pó!!!

  5. Querido Michel… Quando me referi a Palhaçada, estava falando do assunto do blog da Maria Bethânia e do repasse da verba para elaboração do mesmo. Adoro ler as opiniões e decidi dar a minha.
    Desculpe se ofendi você, mas acho que ocorreu um erro de interpretação… Um abraço e parabéns pela iniciativa…

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*