Obras teatrais do russo Nikolai Gógol saem pela editora 34

Michel Fernandes, especial para o Último Segundo (michel@aplausobrasil.com)

gogolNão restam dúvidas sobre o potencial dramático do russo Nikolai Gógol (1809-1852), considerado um dos precuresores do realismo na literatura russa, quando vemos o sem-número de encenações de um de seus contos, dos primeiros que publicou, O Diário de Um Louco. E nesta terça, na Casa das Rosas, a editora 34, lança o volume de obras completas do autor, para o teatro. 

Entre as obras-primas que compõem sua dramaturgia e esttão no volume, O Inspetor Geral, em célebres encenações de Meyerhol  e, no Brasil, as notáveis montagens do Asdrúbal Trouxe o Trombone e, recentemente, do Grupo Galpão.

Nos meus tempos de aluno de interpretação do Teatro-escola Célia Helena, representei numa peça dele hilária e pouco conhecida chamada O Matrimônio (na tardução de Arlete Cavalieri, O Casamento), que traz em evidência o cinismo, as mentiras, enfim, os jogos nem sempre éticos dos quais os seres-humanos se valem para atingir o seu intento, tema recorrentem em outros de seus textos.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*