Oficina Uzyna Uzona estreia Walmr Y Cacilda 64 – Robogolpe

Do site www.teatroficina.com.br 

 

WALMORyCACILDA64-ROBOGOLPE
WALMORyCACILDA64-ROBOGOLPE

Estamos há poucos dias da Copa e próximos às eleições; ano difícil. Estamos também em 1964 e Cleyde Yáconis foi presa no TBC; paira um clima de interdição aos Teatros em que peças ditas subversivas fazem sucesso.

Hoje o país ainda sofre os efeitos de uma Ditadura que insiste em se reinventar nos pequenos detalhes: o Poder do Estado pretende proibir o ato de manifestar-se livremente, com ou sem máscaras. Ao mesmo tempo, apresenta orgulhosa a nova armadura dos soldados da PM, uma máscara de corpo inteiro, fantasia de Robocop, para ser usada na “segurança” da Copa.

A Cia. Oficina Uzyna Uzona pergunta: Como nós, corpos sujeitos da vida e da história, seres livres vivos, vamos contracenar com esta estranha entidade – pessoa tanque de guerra de ficção científica?

Walmor y Cacilda 64 – Robogolpe

Dramaturgia e Direção: José Celso Martinez Corrêa
Conselheira poeta: Catherine Hirsch
Direção Musical: Adriano Salhab, Montorfano e Giuliano Ferrari

Estreia no dia 25 de abril, às 21h30

Temporada: De 26.04 a 01.06, sempre aos sábados (21h) e domingos (19h)

Local: Teat®o Oficina – Rua Jaceguai, 520. Tel: 11. 3106-2818.

Ingressos: R$40,00 (inteira), R$20,00 (meia) e R$5,00 (moradores do Bixiga, mediante comprovação).

No dia da estreia (25.04), professores pagarão apenas R$5,00. Meia entrada válida para professores, cartão Petrobras, estudantes e artistas, durante toda a temporada.

Capacidade: 300 lugares
Duração: 120min
Transmissão ao vivo via TV UZYNA

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado