SÃO PAULO – Sesc São Paulo vai receber no período entre até 26 de agosto, em oito unidades da capital e interior, a 21ª edição do Palco Giratório, com 20 espetáculos de todas as regiões do país, em sua maioria inéditos no estado. A programação composta de teatro, dança e circo constitui um território de troca de experiências marcado pela diversidade de expressões, pensamentos e estéticas, que, além do circuito de espetáculos, propõe ações formativas e diálogos com os artistas. O festival já foi visto por 5,5 milhões de pessoas e é a maior ação do gênero no país.

Segundo Danilo Santos de Miranda, Diretor Regional do Sesc São Paulo, a contribuição oferecida pela Rede Sesc, por meio de seus departamentos regionais em articulação com outros parceiros, nas esferas pública e privada, busca ser transformadora. “O Festival Palco Giratório tem como motivo principal difundir as artes cênicas no território nacional, formando, assim, uma rede de trocas entre grupos e públicos. Sob o comando do Departamento Nacional do Sesc, mantém seu propósito atentando-se à amplificação das possibilidades que inscreve, avalizando a troca de saberes entre processos artísticos e públicos pelo país, permitindo que seus tantos giros resultem na construção de visões para outros mundos urgentes”.

Com a curadoria feita por representantes dos Departamentos Regionais do Sesc de cada estado do Brasil, o festival tem como propósito reverberar a abrangência e a qualidade das obras de diversas localidades do país. Tendo como aspecto chave a diversidade, a 21ª edição do Palco Giratório, que começou a circular no mês de março, totalizará 625 apresentações artísticas, somando mais de 1.600 horas de atividades em 132 cidades de 26 estados e Distrito Federal.

Em São Paulo, os sergipanos do Grupo Boca de Cena abrem a programação do Palco Giratório com o espetáculo de teatro de rua Os Cavaleiros da Triste Figura, livremente ins­pirado em Dom Quixote de La Man­cha e com direção de Fernando Yamamoto.

Além dos bate-papos com os artistas, que acontecem após todas as apresentações do Palco Giratório, a programação traz ainda quatro momentos para reflexão e discussão com alguns dos grupos participantes, chamados Pensamento Giratório, e uma oficina de acrobacias de solo com a  Cia. Teatral Turma do Biribinha.

Serviço:

Palco Giratório 2018

Até 26 de agosto

Ingressos a venda  pelo Portal e nas bilheterias das unidades do Sesc no Estado de São Paulo.

Acesse: http://www.sesc.com.br/portal/cultura/artes_cenicas/palco_giratorio/