“Ordinários” da cia LaMínima,  faz temporada no Teatro Vivo

 

SÃO PAULO – A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, por meio do Programa de Ação Cultural, em parceria com a Vivo, apresenta o espetáculo Ordinários, que faz parte do projeto Palhaços em Guerra. Três soldados em uma missão de guerra. Um metido a valente, um muito atrapalhado e outro covarde, que quer desistir antes mesmo de começar. Diante da espera, das incertezas e sem traçar nenhum tipo de estratégia, a trama de Ordinários vai se desenvolvendo, misturando teatro, circo e humor. O espetáculo estreia dia 02 de outubro como parte da nova programação do Teatro Vivo, em São Paulo e permanece em cartaz sempre nas quartas e quintas-feiras, às 20h. 

Os personagens vividos por Fernando Paz, Fernando Sampaio e Filipe Bregantim recebem a difícil missão de invadir o território inimigo para resgatar um superior. Mas a tarefa, que já não seria fácil, ganha contornos de comédia graças às situações criadas pelos três soldados, que não têm nada de estrategistas.

A concepção de “Ordinários” é dos três atores, junto com Alvaro Assad (que também assina a direção e co-escreve o roteiro em parceria com a cia. LaMínima e Newton Moreno). As primeiras apresentações da peça aconteceram em 2018.

“Unir a já característica dos embates antigos do ser humano que atravessa os milênios com o desenvolver cênico e humor de potentes atuadores cômicos palhaços virtuoses do LaMínima é sempre desafio mais que positivo”, conta Assad.

A encenação, somada a palhaçada, pantomimas, teatro físico, entre outros elementos típicos do teatro circense, oferece uma possibilidade cênica ímpar, oferecendo ao público um jogo de cena afiado entre os atores. Ora com delicadeza, ora com acidez, a narrativa vai se criando, acrescentando poesia a uma situação que tinha tudo para ser trágica, acrescentando palhaçaria para provocar a reflexão sobre os horrores dos conflitos.

Teatro Vivo

A Vivo acredita no teatro e investe na cultura como elemento de transformação da sociedade há 15 anos, e tem grande orgulho de presentear a cidade de São Paulo com um novo teatro, agora mais moderno e acessível. Localizado no bairro do Morumbi, em São Paulo, o teatro Vivo possui capacidade para 274 pessoas.

 “Ordinários”

LaMínima Circo e Teatro

Sinopse: Em algum lugar, três soldados formam um pelotão improvável. Diante da angústia da espera, esmeram-se em treinamentos até finalmente receber uma missão. Quanto mais avançam pelo território inimigo, ficam evidentes os segredos que um esconde do outro e o quanto são inadequados para o mundo da guerra. Mas afinal quem é adequado para a guerra?

 

Ficha Técnica:

 

Concepção: Alvaro Assad, Fernando Paz, Fernando Sampaio e Filipe Bregantim

Roteiro: Newton Moreno, Alvaro Assad e LaMínima

Assistente de Dramaturgia: Almir Martines

Direção e Preparação Mímica: Alvaro Assad

Direção musical e música original: Marcelo Pellegrini

Elenco: Fernando Paz, Fernando Sampaio, Filipe Bregantim

Iluminação: Marcel Alani

Figurino e Visagismo: Carol Badra

Cenografia: LaMínima

Adereços: Dario França, Juciê Batista e Reticências

Assessoria técnica de Magia: Ricardo Malerbi

Operação de Som: Luana Alves e Caio Norcia

Operação de Luz: Marcel Alani e Renata Fongaro

Contrarregragem: Karen Furbino

Direção de produção: Luciana Lima

Produção executiva: Priscila Cha

Produção: Chai Rodrigues

Assistência de Produção: Vanessa Zanola

Supervisão geral: Fernando Sampaio

Serviço

Ordinários

Temporada: de 02/10 a 12/12/19

Local: Teatro Vivo| Av. Dr. Chucri Zaidan, 2.460, São Paulo

Duração: 70 minutos

Classificação: 14 anos

Ingresso: R$40,00

Kyra Piscitelli

Kyra Piscitelli é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e fez pós-graduação em Globalização e Cultura pela Faculdade de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Escreve sobre teatro e arte desde de 2009. Integra os Juris da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e do Prêmio Aplauso Brasil. Ávida por conhecimento, se não está em viagem ou estudo, só há um lugar para achá-la: o teatro!

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*