OS SATYROS ESTREIAM PEÇA COM ARTISTAS REFUGIADOS, TRANS E EGRESSOS DO SISTEMA PRISIONAL

SÃO PAULO – A nova produção dos Satyros, o espetáculo O Incrível Mundo dos Baldios faz temporada até dia 26 de agosto, na sede dos Satyros, na Praça Roosevelt. Na história, cinco encontros inesperados ocorrem simultaneamente em lugares diversos em uma noite de Ano Novo, onde todos despejam suas esperanças de milagres para o futuro.

A pesquisa do elenco foi desenvolvida durante sete meses, a partir das experiências biográficas dos atuantes, que acabaram ecoando na proposta de dramaturgia de Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez. Os atores mais antigos da companhia (Ivam Cabral, Fabio Penna, Henrique Mello, Julia Bobrow, Lorena Garrido, Robson Catalunha e Sabrina Denobile) dividiram o processo com novos integrantes, como Roberto Francisco, ator idoso morador do Palacete dos Artistas; Junior Mazzine, egresso do sistema prisional; Oula al-Saghir, refugiada palestina recém-chegada ao país; Alex de Jesus, adolescente contemplado pelo projeto teen dos Satyros e egresso da Fundação Casa; e Márcia Dailyn, transexual e diva da Praça Roosevelt.

“Baldio”, segundo o Dicionário Aurélio, é um adjetivo cujo significado é algo inútil, sem proveito e é utilizado basicamente para terrenos abandonados. Do ponto de vista capitalista, é “baldio” todo e qualquer grupo social que não faça parte da força de trabalho utilizada com o fim de gerar lucro. Transexuais, refugiados, idosos, negros, adolescentes em situação vulnerável e ex-detentos são grupos sociais que têm dificuldade de inserção na força econômica e social. Nesse sentido, Os Satyros se consideram tão baldios quanto esses grupos e essa identificação é o que nos une: somos a escória econômica, que vive à sombra de um sistema que visa, acima de tudo, a geração de lucro.

No sentido português, no entanto, “baldios” eram os terrenos comunitários de pequenas vilas do interior de Portugal que eram utilizados para realizar várias ações comunitárias, tais como celebrações, hortas, festas e eventos culturais.

Os baldios portugueses eram os espaços do convívio social, da troca simbólica e cultural, do prazer da coletividade. Os Satyros buscam fazer das suas ações na Praça Roosevelt um grande baldio, onde os mais diversos grupos sociais, vindos dos mais diversos pontos da cidade, podem se sentir acolhidos e o convívio social possa ser enriquecedor e respeitoso.

 

Serviço

Espetáculo: O Incrível Mundo dos Baldios

Duração: 85 minutos

Local: Satyros Um – Praça Roosevelt, 214 – tel. 3258 6345

Dias: Quintas e sextas às 21h; sábados às 19h30 e 21h30; domingos às 19h30

Temporada: de 3 de março a 26 de agosto de 2018

Ingresso: R$ 20,00 (inteira) / R$ 10,00 (meia) / R$ 5,00 (moradores da Praça Roosevelt)

Telefones para reservas: 3258 6345 / 3231 1954

Recomendação: Livre

 

Sinopse

Em uma noite de ano novo, um anjo circula pelo planeta Terra. Um peregrino busca atender as promessas de pessoas que esperam por milagres para suas vidas. Cinco lugares distintos propiciam os encontros das outras personagens.

 

Ficha Técnica

O Incrível Mundo dos Baldios

Texto: Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez

Direção: Rodolfo García Vázquez

Assistência de Direção: Emílio Rogê

 

Elenco:  

Henrique Mello –  Anjo

Ivam Cabral –  Peregrino

Roberto Francisco –  Palhaço

Julia Bobrow –  Voluntária

Junior Mazzine – Segurança

Robson Catalunha – Amigo

Oula al-Saghir – Palestina

Alex de Jesus – Adolescente

Fabio Penna – Assistente

Lorena Garrido –  Médica

Juliana Alonso – Advogada

Márcia Dailyn – Cantora

Gustavo Ferreira – Evangélico

Sabrina Denobile – Evangélica

 

Cenografia: Daniela Oliveira e Victor Paula

Design de aparência: Adriana Vaz e Rogerio Romualdo

Iluminação: Flávio Duarte e Rodolfo García Vázquez

Trilha Sonora: Henrique Mello, Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez

Dramaturgia Sonora:  Maestro Marcello Amalfi

Vídeo e Programação Visual: Henrique Mello

Operação de Som e Vídeo: Dennys Leite

Operação de Luz: Flávio Duarte

Fotografias: Andre Stefano

Perucas: Lenin Cattai

Coordenação de Produção: Daniela Machado

Produção Executiva: Silvio Eduardo

Administração: Israel Silva

Realização: Cia. de Teatro Os Satyros

Redação do Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com.br) 

 

 

 

 

 

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*