Otávio Martins estreia o solo Córtex

Nanda Rovere, especial para o Aplauso Brasil (nanda@aplausobrasil.com)

Otávio Martins em "Córtex"

SÃO PAULO – O espetáculo é o segundo monólogo encenado pelo ator Otávio Martins. Franz Keppler, autor do sucesso Camille & Rodin, que está em cartaz no MASP, assina o texto. A direção é de Nelson Baskerville, responsável pela direção do premiado espetáculo Luis Antonio – Gabriela. Estreia neste sábado (15), às 20h, com ingressos a preços populares (R$ 6).

Otávio Martins em "Córtex"

Córtex relata uma história de amor visceral de um homem que tem a sua vida transformada após a perda da mulher.

Depois de prestar queixa numa delegacia, esse homem começa a cair em contradições e se constitui no principal suspeito do sumiço de sua esposa. A cada cena são expostos detalhes que confundem o público quanto à inocência ou culpa do protagonista.

Otávio Martins em "Córtex"

Ele aparentemente é muito apaixonado por sua mulher e sofre com a sua ausência, mas em vários momentos entra em contradição no seu depoimento e sugere que o relacionamento entre o casal era conturbado.

Até o desfecho da trama não é possível ter certeza se o protagonista teve ou não envolvimento no incidente. O espectador não sabe o que realmente aconteceu até o último momento da narrativa.

Otávio Martins em "Córtex"

A criação do espetáculo foi um trabalho conjunto entre Otávio Martins, o diretor Nelson Baskerville e o autor Franz Keppler.

Córtex é o local do cérebro responsável pelas representações simbólicas. Sem ele não há linguagem, memória e emoção. Neste sentido, a peça disseca a mente do personagem, que expõe as suas memórias, percepções do mundo que o cerca e imagens que beiram o onírico e o fantástico.

Para ressaltar a mistura entre o mundo real e imaginário que a montagem apresenta, a encenação conta com projeções em vídeo.

Ficha Técnica:

TEXTO: Franz Keppler

DIREÇÃO: Nelson Baskerville

COM: Otávio Martins

ELENCO DOS VÍDEOS: Nathalia Rodrigues, Caroline Carrero, Elizabete Kobayashi e Roberto Ikeda

ASSISTENTE DE DIREÇÃO: Carolina Bastos

CENOGRAFIA: Nelson Baskerville

MUSICA ORIGINAL: Ricardo Severo

FIGURINO:MarichileneArtisevskis

DESENHO DE LUZ: Wagner Freire

ADERECISTA: Marcela Donato

FOTOGRAFIA: Otavio Dias

DIREÇÃO DE PRODUÇÃO: Ed Julio

PRODUÇÃO EXECUTIVA: Gabriel de Souza

ASSISTENTE DE PRODUÇÃO: Beatriz Cervone

REALIZAÇÃO: Baobá Produções Artísticas

Serviço:

Córtex:

Centro Cultural Banco do Brasil

(65 lugares)

Rua Álvares Penteado, 112 – Centro

Informações:               (11) 3113-3651

www.bb.com.br/cultura / www.twitter.com/ccbb_sp / www.facebook.com/ccbbsp

Bilheteria: de terça a domingo das 9h às 21h.

Acesso e facilidades para pessoas com deficiência física // Ar-condicionado // Café Cafezal

Estacionamento conveniado: Estapar – Rua da Consolação, 228 – Edifício Zarvos(R$ 15 por 5 horas. Necessário carimbar o ticket na bilheteria do CCBB). Infos: (11) 3256-8935

Transporte gratuito (Van) até as proximidades do CCBB. Embarque e desembarque na Rua da Consolação, 228 (Ed. Zarvos) e na rua XV de novembro, esq. com a rua da Quitanda.                                                                           Assessoria de Imprensa CCBB SP: Alexandre Yokoi 3491.4647 – alexandreyokoi@bb.com.br

Sexta às 20h | Sábado às 17h e 20h | Domingo 19h. Ingressos: R$ 6

Duração: 75 minutos

Recomendação: 14 anos

Gênero: drama

Estreia dia 15 de setembro de 2011

Temporada: 04 de novembro

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

2 Comentários
  1. espetáculo incrível,imperdível,nada pode tirar o olhar do espetador do palco e de Otávio Martins-córtex tem sucesso garantido todos aplaudem de pé.

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*