“PALAVRAS ESQUECIDAS – O EVANGELHO SEGUNDO TOMÉ” E AS POSSIBILIDADES DA PALAVRA

palavras-esquecidas-antonio-interlandi-foto-daniele-voirin7webFernando Pivotto, para o Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com.br)

SÃO PAULO – Solo se apoia na declamação, na dança e em efeitos de iluminação para refletir sobre o evangelho apócrifo de Tomé, acerca dos dizeres atribuídos a Cristo. O espetáculo fica em cartaz no Teatro Eva Herz até 09 de dezembro.

Comumente classificada como “a maior história de todos os tempos” e similares, a vida de Jesus de Nazaré é uma das mais facilmente reconhecíveis do Ocidente. Assim, dado o escopo e a influência da história cristã, é comum também nos depararmos com diversas reflexões, leituras ou aproximações deste universo, pelos mais variados meios.

Tomemos como exemplo este Palavras Esquecidas – O Evangelho Segundo Tomé, solo idealizado e interpretado por Antonio Interlandi e com supervisão de direção de Nita Klein. Nele, o ator, cantor e bailarino reimagina como agiria o apóstolo Tomé ao receber de seu mestre algumas parábolas e ensinamentos.

A proposta de Interlandi é apresentar algumas das passagens do Evangelho de Tomé através do filtro das artes cênicas, e ver como elas sobrevivem em cima do palco. Para tal, o artista lança mão de partituras vocais e corporais que, somadas à sua declamação, tentam reforçar a potência das palavras de Cristo.

Se a ideia é interessante e merece pontos pela ambição, infelizmente sua execução nem sempre atinge a força que poderia alcançar, tornando o todo inconstante. O principal problema é a insistência da direção em compartimentalizar corpo e voz, mantendo o espetáculo estanque, truncado. Existe a dança e existe a fala, mas não se dança enquanto se fala, não se fala enquanto se dança, e não se declama a dança nem se dá corpo à voz – o que poderia ser, por sua vez, uma investigação muito mais pertinente. O que ocorre é que se dança a dança e se fala a fala, mantendo cada uma destas manifestações separadas, cada uma em seu lugar, impermeáveis.

Assim, o ator e bailarino apresenta uma série de declamações intercaladas por algumas partituras corporais que, embora sejam interessantes, não duram o tempo suficiente para terem a força que poderiam ter. É claro que as passagens presentes no Evangelho de Tomé são cativantes e bem recebidas pela plateia – prova maior disso é que é possível ouvir, ao longo da sessão, pessoas completando a fala do intérprete, demonstrando grande familiaridade com o tema em apresentação. Porém, se a ideia é apresentar o Evangelho pelo viés da arte, falta surpreender naquilo que é já tão conhecido por todos.

Talvez se Interlandi investisse mais em seu bom repertório corporal, o espetáculo ganharia ainda mais energia. É possível ver, nos poucos momentos em que dança, que o artista possui um corpo presente, com tônus e clareza gestual. Também têm muito valor suas tentativas de tornar a voz algo além de veículo da palavra, e os momentos em que o artista apresenta uma desconstrução do canto são realmente dignos de nota. Contudo, a insistência em manter a palavra no lugar da palavra, a dança no lugar da dança e o canto no lugar do canto diluem aquilo que o espetáculo tem de mais instigante.

Ainda assim, o resultado é uma proposta interessante, amparada num texto realmente digno de atenção. A pesquisa de Interlandi ganha força justamente quando se mantém no lugar da pesquisa, da investigação, e esta abordagem já é, para todos os efeitos, consideravelmente válida.

PALAVRAS ESQUECIDAS – O EVANGELHO SEGUNDO TOMÉ
Idealização e interpretação: Antonio Interlandi
Tradução e adaptação: Jean Gillibert e Antonio Interlandi
Supervisão de direção: Nita Klein
Voz: Maria de Medeiros
Iluminação: Nádia Luciani
Coreografia: Malavika
Trilha sonora original: Khalid Kouhen
Supervisão de texto: Silvia Bittencourt
Cenografia: Augusto Vieira

Serviço:
Até 09 de dezembro. Quintas e sextas, às 21h.
Teatro Eva Herz. Livraria Cultura, Conjunto Nacional. Avenida Paulista, 2073.
Ingressos:
R$ 50,00 ou R$ 25,00 (meia)

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*