“Pança”, solo de Beto Magnani, entra em cartaz no CCSP

SÃO PAULO – A tragicomédia de Leo Lama, com atuação de Beto Magnani, estreia curta temporada no CCSP em 25 de maio seguindo em cartaz até 30 de junho. A peça se inspira na forte ligação entre Dom Quixote de La Mancha e seu fiel escudeiro Sancho Pança, personagens de Miguel de Cervantes, para evidenciar as mazelas das relações de poder em nossa sociedade. A montagem é uma parceria com a Quadrilha de Teatro Notívagos Burlescos, companhia teatral de Botucatu, interior de São Paulo, coordenada por Robert Coelho, que assina a direção do espetáculo.

Pança, que conduz toda a narrativa, é o segundo homem mais importante da maior potência econômica do planeta, braço direito do todo poderoso Dom Quixote. Sua tarefa é explicar para os iniciantes, aspirantes ao poder, quais são as regras do jogo.

Pança passa pelo moedor grandes pedaços de carne diante de seus ouvintes, ao mesmo tempo em que esmiúça, com humor e requintes de crueldade, o funcionamento da economia mundial, a decadência do Estado de direito e a instabilidade das relações humanas em sua forma mais bruta.

A dramaturgia de Leo Lama expõe também o formato de funcionamento do tráfico de cocaína. Das hierarquias à logística, passando pelas consequências do produto na vida dos consumidores, a narrativa detalha a brutalidade desse submundo. Não há juízo de valor e sim um lúcido olhar sobre o tráfico como um modelo de negócio potente e estável, imune à crises da economia mundial, mesmo na ilegalidade, onde há, como em qualquer outra atividade econômica, consumidores, vendedores, produtores e investidores.

SERVIÇO

“PANÇA”

Temporada – De 25/5 a 30/6/2019
Na tragicomédia inspirada em personagens de Dom Quixote, de Cervantes, Pança é o segundo homem mais importante da maior potência econômica do planeta. Enquanto mói pedaços de carne, ele esmiúça, com humor e crueldade, o funcionamento do mundo e a fragilidade das relações humanas.

Centro Cultural São Paulo

Rua Vergueiro 1000 – Paraíso

Tel 3397 4002

Texto: Leo Lama

Atuação e concepção: Beto Magnani

Realização: Quadrilha de Teatro Notívagos Burlescos e Interzonas Produções

sextas e sábados, às 21h, e domingos, às 20h

Duração: 55min

Indicação de faixa etária:- 14 anos

Local: Anexo da Sala Adoniran Barbosa

50 lugares
Preços: R$20,00 – a venda estará disponível na bilheteria em seu horário de funcionamento (terça a sábado, das 13h às 21h30, e domingos, das 13h às 20h30)

Site Ingresso Rápido a partir de 30 dias antes do evento (mesmo no caso de temporadas longas)

Preço popular: R$3,00 (dia 31/5, sexta) – serão vendidos apenas dois ingressos por pessoa, na bilheteria do CCSP, que será aberta uma hora antes do início do espetáculo – os ingressos não estarão disponíveis pela internet

*dia 2/6, excepcionalmente, não haverá sessão

FICHA TÉCNICA

Gênero: tragicomédia

Atuação: Beto Magnani

Texto: Leo Lama

Direção: Robert Coelho

Assistência de Direção: Johnny Faustino

Desenho de Luz: Osvaldo Gazotti

Trilha Sonora: Fernando Vasques

Cenário: Silvia Mokreys

Figurino: F.F. Kokocht

Assistência de Figurino: Gilda Vandendrande

Fotografia e Vídeo: Gabriel Seabra

Identidade Visual: Ton Prado

Produção Executiva: Gabriela Fiorentino,Ton Prado e Johnny Faustino

Assessoria de Imprensa: Adriana Monteiro

Realização: Quadrilha de Teatro Notívagos Burlescos