Passional marca a estreia de André Corrêa como diretor

Michel Fernandes, do Aplauso Brasil/ iG (Michel@aplausobrasil.com)

"Passional"- foto de Lígia Jardim

SÃO PAULO – Ator de talento inegável, André Carreira inicia, profissionalmente, no papel de diretor em Passional, baseado na obra de João do Rio, amanha, no Teatro Augusta.

Amor, desejo, ódio,inveja,lasciva e ira são os temas dos oito contos que serviram de base para a peça. Quem pensar em Nelson Rodrigues ao observar as temáticas que serão refletidas no espetáculo não está equivocado, Nelson bebeu das fontes de João Paulo Barreto (1881-1921) para estruturar sua obra.

Formado por 10 atores – Adriana Monteiro, Aluado Ramoony, Ângelo Aleixo, Jay Pólvora, Laís Lenci, Luana Paradeda, Luciana Ribeiro, Renato De Vitto, Rodrigo Monteiro, Silene Cristina -, o elenco da Cia do Covil, que permanece no palco durante todo o espetáculo, um trio composto por violão (Danilo Pinto), violino (Sarah Cangussu) e percussão (Rogério Loebel), contracena com os atores nessa execução, ao vivo, da trilha sonora.

"Passional"- foto de Lígia Jardim

Além de ter em sua bagagem profissional trabalhos com diretores do naipe de José Celso Martinez Corrêa, Antonio Abujamra e Antunes Filho, só para citar alguns, André acaba de se especializar em Direção Teatral, curso de pós-graduação da Escola Superior de Artes Célia Helena, tendo como professores Antônio Araújo, Márcio Aurélio, Renato Borghi, Cida Moreira, Samir Yasbek, Marco Antônio Rodrigues, Giuliana Simões, Flávio Desgranges, entre outros.

Ficha técnica

Texto – Contos de João do Rio e ator responsável pela adaptação:

“História de Gente Alegre” “Dentro da Noite”: Aluado Ramoony. “A Suicida do Trem de Enghin”: Renato de Vitto. “A Fada das Pérolas” “O Homem da Cabeça de Papelão”: Jaidson Pólvora. “A Aventura de Rozendo Moura”: André Corrêa. “Créssida”: Laís Lenci. “O Bebê de Tarlatana Rosa”: Adriana Monteiro e Jaidson  Pólvora. “Crimes de Amor”: Rodrigo Monteiro.

Para roteiro:

PASSIONAL – Estreia dia 6 de junho, quarta-feira, às 21 horas, no Teatro Augusta.

Direção e dramaturgia: André Corrêa. Iluminação: Wagner Freire. Cenário: Mira Andrade. Figurino: Gabriela Pinesso. Assistência de direção: Izabela Mariano. Elenco:Adriana Monteiro, Aluado Ramoony, Ângelo Aleixo, Jay Pólvora, Laís Lenci, Luana Paradeda, Luciana Ribeiro, Renato De Vitto, Rodrigo Monteiro, Silene Cristina. Temporada: quartas e quintas às 21 horas. Até 30 de agosto. Ingressos – R$30,00 e R$15,00. Duração 75 minutos. Classificação – 14 anos.

TEATRO AUGUSTA – Rua Augusta, 943. Fone: 3151-4141. Ar condicionado. Acesso a deficientes físicos. Horário da bilheteria: de quarta e quinta das 14h às 21h, sexta das 14h às 21h30, sábado das 15h às 21h e domingo das 15h às 19h. Aceita Mastercard, Dinners Club e Redeshop. Central de Vendas Ingresso Rápido: 2163-2000.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.