Pornô inaugura o Studio SP Vila Madalena

Luís Francisco Wasilewski, especial para o Aplauso Brasil (lfw@aplausobrasil.com)

Personagens querem ficar famosos fazendo filme pornográfico

SÃO PAULO – Trainspotting foi um dos filmes mais marcantes da década de 1990. Agora, sob a direção de Gustavo Machado, a peça Pornô – Falcatrua Nº 18.633, de Irvine Welsh e dramaturgia de Eduardo Ruiz, apresenta o reencontro daqueles amigos, que eram personagens do filme. Dez anos depois, a turma se encontra  para a realização de um filme pornográfico.

Com a proposta de sair do teatro – assim como em sua primeira temporada, que aconteceu no Vegas Club no início de 2010 – as atrizes e produtoras Abhiyana e Ana Nero, levam a peça para inaugurar o Studio SP da Vila Madalena. Um espaço ideal para apresentar a trama que se passa em mesa de bar, com drinks, música e o perfume da noite. O público ainda poderá curtir a festa que o Studio apresentar na sequência.

Irvine Welsh é um autor sem piedade. Usa com maestria o choque, a violência, a banalização do sexo como arma poderosa de críticas. Quando trouxe ao cinema, com Trainspotting, uma geração buscando  algo nas drogas, retratou uma modernidade que, mesmo dispondo de tantas opções, beirava o vazio.

Dez anos depois as mesmas personagens se reencontram. As drogas continuam ali, em volta. E, como filhos de uma sociedade que elege celebridades como pequenos deuses, eles também precisam ser “alguém”.

"Pornô" é do mesmo autor de"Trainspotting"

Escolhem como chave para abrir o mundo do dito sucesso uma ferramenta intrigante: o cinema. O filme que estão produzindo? Uma pornografia.

Ficha Técnica:

Autor: Irvine Welsh

Adaptação: Eduardo Ruiz

Direção: Gustavo Machado

Elenco: Abhiyana, Ana Nero, Fábio Ock, Guilherme Lopes, Maria Laura Nogueira, Pablo Sgarbi, Sergio Guizé

Direção de Produção: Abhiyana e Ana Nero

Pornô Falcatrua N. 18.633

STUDIO SP VILA MADALENA (80 lugares)

Rua Inácio Pereira da Rocha, 170

Informações: 3032-4379  studiospvila@studiosp.org

Bilheteria: abre uma hora antes do início do espetáculo.

Aceita todos os cartões de débito e crédito. Não aceita cheque.

Toda Quinta, às 22h

(abertura da casa às 21h)

Ingressos: R$ 50 (Porta) – R$ 35 (Lista)

Duração: 60 minutos

Recomendação: 18 anos

Estreia 24 de Novembro

Temporada: até 22 de dezembro

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*