PRAÇA DO SESC BELENZINO VIRA PALCO DO ESPETÁCULO “A BRAVA”

"A Brava", espetáculo itinerante que se apresenta na Praça do Sesc Belenzinho. Foto: divulgação
“A Brava”, espetáculo itinerante que se apresenta na Praça do Sesc Belenzinho. Foto: divulgação

Redação do Aplauso Brasil (redacao@aplausobrasil.com)

SÃO PAULO – Dentro do projeto ARTE – Substantivo Feminino, que traz projetos com o foco no feminino, o SESC Belenzinho apresenta o espetáculo A Brava. Além das apresentações, o grupo vai ministrar gratuitamente a oficina A Mulher na Sociedade dias 15 e 16 de março de 2016. O espetáculo A Brava trabalha a história de Joana D´Arc como metáfora para discutir as escolhas feitas na vida. A peça terá, ao todo, seis apresentações, que começaram nesse final de semana e irão até dia 20, entre sexta, sábado e domingo.

O espetáculo A Brava trabalha a música, interação com a plateia e uso de referências contemporâneas para, simbolicamente, tratar a história de Joana D´Arc nos dias atuais.

ARTE – Substantivo Feminino
Até abril ainda serão apresentados, dentro do projeto ARTE – Substantivo Feminino, os espetáculos Engravidei, Pari Cavalos e Aprendi a Voar Sem Asas! (de 31 de março a 03 de abril), da Cia Os Crespos. Também fazem parte da programação o infanto juvenil, Oju Orum (de 24 a 27 de março de 2016) do Coletivo Quizumba, com direção de Johana Albuquerque e dramaturgia de Tadeu Renato, e a intervenção fotográfica Todos Podem ser Frida (de 03 a 06 de março de 2016).

 

FICHA TÉCNICA e SERVIÇO

TEATRO

A BRAVA

De 11 a 20 de março de 2016, sexta e sábado, às 20h, e Domingos e feriados, às 17h

Espetáculo inspirado na história de Joana d’Arc que propõe uma reflexão sobre objetivos, rumos e opções, e a nossa postura frente às consequências destas escolhas.

Nesta montagem da Brava Companhia, a saga da heroína francesa é mostrada de forma épica, valendo-se de recursos como a música, a interação com o público, e referências da cultura popular e da cultura pop agregadas a situações cênicas que exploram o drama e um humor anárquico, para construir paralelos com os dias de hoje. As “vozes” ouvidas por Joana tornam-se símbolos que podem ser interpretados como a crença em objetivos ou a ousadia de trilhar caminhos contrários a padrões pré-estabelecidos pela sociedade.

Direção: Fábio Resende / Elenco: Rafaela Carneiro, Fábio Resende, Mário Rodrigues e Ademir de Almeida / Projeto de Cenário: Mundano / Confecção de Cenário: Márcio Rodrigues / Criação e Confecção de Figurino: Ligia Passos e Karla Maria Passos / Produção: Kátia Alves.

 Praça. Duração: 70 minutos

Grátis. Não recomendado para menores de 12 anos.

 OFICINA A MULHER NA SOCIEDADE

Dias 15 e 16 de março de 2016, terça e quarta, das 15h às 18h

Nesta atividade formativa o grupo propõe o compartilhamento de algumas ferramentas teóricas e práticas utilizadas em seus processos de estudo e criação de modo a inserir os participantes em uma experiência que compreenderá a análise crítica de determinados aspectos da vida social, e a transformação dessa análise, por meio da linguagem teatral, em materiais cênicos – cenas, intervenções, música etc. Elementos do repertório técnico teatral construído pela Brava Companhia ao longo dos seus anos de pesquisa serão abordados e investigados por meio de exercícios cênicos, que terão como mote temático um olhar crítico sobre a questão da mulher na sociedade.

Carga horária: 8h Vagas: 30

Público: interessados em teatro (somente mulheres)

Não recomendado para menores de 16 anos.

 

Sesc Belenzinho

Endereço: Rua Padre Adelino, 1000

Belenzinho – São Paulo (SP

Telefone: (11) 2076-9700

www.sescsp.org.br/belenzinho

 

Estacionamento
Para espetáculos com venda de ingressos:

R$ 11,00 (não matriculado);

R$ 5,50 (matriculado no SESC – trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo/ usuário).

 

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*