Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem tem última edição em clima de esperança

SÃO PAULO – A principal premiação que contempla produções teatrais para o público infantil e jovem chega à sua última edição e homenageia os maiores espetáculos e artistas de 2018. O Teatro Sérgio Cardoso – um dos espaços culturais mais tradicionais de São Paulo administrado pela organização social de cultura APAA (Associação Paulista dos Amigos da Arte) – recebeu no dia 16/09, às 20h, a cerimônia do Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem.

O prêmio é uma das ações do Projeto São Paulo uma das mais aclamadas iniciativas voltadas às artes cênicas infantojuvenil e ação social para crianças e adolescentes. A empresa que vinha patrocinando essas atividades durante 25 anos era a Coca-Cola-Femsa – Brasil, mas mudanças internas fizeram com que a empresa cancelasse o patrocínio sem dar continuidade ao compromisso com os recursos de 2018.

Para que o prêmio São Paulo não ficasse sem um encerramento honroso de acordo com seu histórico de reconhecimento e incentivo ao teatro para crianças e jovens, a APAA se dispôs a viabilizar a última edição do prêmio com um aporte de R$ 20 mil para apoiar a produção do evento e cedeu a Sala Sérgio Cardoso para a cerimônia.

“Acreditamos que projetos como o Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem são fundamentais para a disseminação das artes cênicas e da cultura em geral entre jovens e crianças de forma gratuita. É a única premiação do Brasil voltada ao Teatro Jovem e Infantil e deve ser valorizada”, explica Daniele Nigromonte, diretora executiva da APAA.

O Prêmio São Paulo oferece troféu para os destaques da temporada em 18 categorias. Os ganhadores de melhor espetáculo jovem, melhor espetáculo infantil, e prêmio sustentabilidade recebem R$ 10 mil, as demais categorias R$ 5 mil cada.

“O Prêmio São Paulo é, reconhecidamente, uma chancela de qualidade para a classe artística em meio a um cenário de falta de apoio ao teatro jovem e infantil no país. O projeto contempla espetáculos de todo o país que fazem sua estreia em São Paulo cumprindo no mínimo 12 apresentações, conta Luiza Jorge, criadora e curadora do prêmio.

O idealizador do site Aplauso Brasil e do Prêmio Aplauso Brasil, Michel Fernandes se coloca à disposição para apoiar a continuidade da premiação, reconhece a batalha que é fazer um prêmio sem recursos e salienta a importância da existência do Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem. “O prêmio não pode parar. São 25 anos de história e de incentivo ao teatro que ganha força é unidade com reconhecimentos. Luiza Jorge é uma guerreira e juntos – a classe artística – vai encontrar uma forma de manter viva tão importante iniciativa”.

Julio Cesar Doria é júri do Prêmio Aplauso Brasil de Teatro e esteve presente na cerimônia, para inclusive, entregar prêmios. Ele reforça o clima de esperança e afirma que foi uma festa bonita.

“Mais do que um fim, se colocou uma continuidade, uma esperança de continuidade. Algumas instituições e personalidades apontaram a importância do Prêmio e solidariedade ao fim do patrocínio. A secretária municipal da Cultura, o SESC e o curador dos Teatros Porto Seguro, Eva Herz e Teatro Vivo, Andre Acioli, falou da importância do debate para se encontrar saídas à manutenção. Eu mesmo falei que o Prêmio Aplauso se coloca à disposição para que isso seja uma pausa e não um fim, e salientei que foi a importância Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem que fez com que nós criássemos a categoria infantojuvenil, da qual sou curador”, disse Julio.

 

Veja os vencedores:

ESPETÁCULO INFANTIL

– É Tudo Família (grupo Catarsis)

 

ESPETÁCULO JOVEM

– Dois a Duas

 

PRODUÇÃO

– Cia Dom Caixote – Annexo – Um Diário de Anne Frank

 

DIREÇÃO

– Rhena da Faria – Mary e os Monstros Marinhos (Cia. Delas)

 

AUTORIA DE TEXTO ORIGINAL

– Amauri Falseti – Pedro e Quim (Cia. Paideia)

 

AUTORIA DE TEXTO ADAPTADO

– Tábata Makowski – É Tudo Família

 

ATOR

– Ciro Acioli – Quando as pessoas andam em círculo!(Artesanal Cia. de Teatro)

 

ATRIZ

– Amanda Acosta – Carmen, a grande pequena notável

 

ATOR COADJUVANTE

– Renato Bego – A Comédia dos Erros

 

ATRIZ COADJUVANTE

– Luzia Rosa – Dois a Duas

 

CENOGRAFIA

– Mira Haar – Mary e os Monstros Marinhos

 

FIGURINOS

– Kleber Montanheiro – Carmen, a grande pequena notável

 

ILUMINAÇÃO

– Robson Lima – O Gigante Adamastor

 

TRILHA MUSICAL ORIGINAL

– Os Capoeira – Bento Batuca

 

TRILHA MUSICAL ADAPTADA

– Adriana Telg – Bichos Vermelhos (Cia. Pia Fraus)

 

REVELAÇÃO

– Cia Mar – pelo espetáculo – Vocês Vão Ter Que Me Engolir

 

PRÊMIO ESPECIAL

– Cia. Paideia – por devolver ao teatro um lugar de tribuna, catarse e reflexão, integrando atores, alunos e plateia no espetáculo Vamos para Escola!

 

PRÊMIO SUSTENTABILIDADE

– Cia da Tribo – por abordar a questão dos rios urbanos no espetáculo Água Doce apresentado em parques e praças de diversas regiões de São Paulo servidas por rios poluídos

Kyra Piscitelli

Kyra Piscitelli é jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo e fez pós-graduação em Globalização e Cultura pela Faculdade de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP). Escreve sobre teatro e arte desde de 2009. Integra os Juris da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e do Prêmio Aplauso Brasil. Ávida por conhecimento, se não está em viagem ou estudo, só há um lugar para achá-la: o teatro!

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*