Realismo sem culpa em Sem Pensar

A atriz Denise Fraga

Michel Fernandes, especial para o Diário de São Paulo (Michel@aplausobrasil.com)

Texto publicado na edição impressa de 14/05/2011

Há uma vertente dos artistas e pensadores de teatro que repudiam a cena realista/ naturalista como se o realismo fosse um modelo que nega a potência da teatralidade. O novo espetáculo de Denise Fraga filia-se ao teatro realista, o oposto de seu último trabalho, A Alma Boa de Setsuan, em que, diz a atriz, “a teatralidade é elevada à máxima potência”, o que, em lujgar de intimidar, deixa a atriz mais estimulada.

“O mais importante é  encontrar a verdade. A teatralidade independe da mínima ou da máxima potencia, porque quando você isola uma realidade numa caixa teatral ela  ganha uma verdade outra dentro da peça”, conclui.

VEJA TAMBÉM  Making of de Sem Pensar em seis episódios

CLIQUE AQUI para saber mais.

Teatro Tuca
(672 lugares)

Rua Monte Alegre, 1024 – Perdizes
Vendas pela internet: www.ingressorapido.com.br

Vendas pelo telefone: 4003.1212
Bilheteria: terças a quintas das 14h às 20h; sexta a domingo das 14h até o início do espetáculo.

Aceita dinheiro e cartões de débito. Cartões de crédito somente por telefone ou internet.

Estacionamento – Rua Monte Alegre, 835
Sexta e Sábado às 21h30. Domingo às 19h.

Ingressos: Sexta R$ 40 / Sábado R$ 60 / Domingo R$ 40

Duração: 100 minutos

Recomendação: 10 anos

Temporada: de 13 de maio a 31 de julho.

Michel Fernandes

Michel Fernandes, graduado em Jornalismo e pós graduado em Direção Teatral., escreveu de 2000 a 2012 críticas de teatro e reportagens para o iG. Em 2002 criou o Aplauso Brasil - www.aplausobrasil.com.br -, site voltado à noticias, resenhas e críticas teatrais, até hoje no ar. Integrante da APCA desde 2004, Michel Fernandes já esteve nas comissões do Prêmio Miriam Muniz, ProAC, Programa de Fomento ao Teatro de São Paulo, emtre outros Em 2012 criou o Prêmio Aplauso Brasil de Teatro. Em 2014 realiza Residência do Aplauso Brasil na SP Escola de Teatro. Em 2015 é crítico convidado da MITsp (Mostra Internacional de Teatro de São Paulo). Em 2016 é membro de comissão julgadora do Proac. Em 2017 faz parte do Conselho Consultivo do CCSP.

No Comments Yet

Leave a Reply

Seu email não será publicado

*