RESENHA: ALESSANDRA MAESTRINI PROTAGONIZA COMOVENTE MUSICAL

Maurício Mellone * (redacao@aplausobrasil.com)

YENTL
YENTL

SÃO PAULO – A multitalentosa atriz idealizou o projeto, assina o roteiro, dirige e interpreta o espetáculo Yentl Em Concerto. Só no palco, acompanhada ao piano apenas pelo maestro e diretor musical João Carlos Coutinho, Alessandra Maestrini magnetiza a plateia logo ao entrar. Com presença de cena e desenvoltura, a atriz quebra o gelo com sua veia humorística e explica o projeto. Diz que o roteiro é baseado no conto Yentl – The Yeshiva Boy, do polonês Isaac Bashevis Singer e também no filme estrelado e dirigido por Barbra Streisand em 1983, mas diz que fez questão de imprimir sua visão sobre a obra.

“Conto a história exatamente como é, mas sob meu ponto de vista, com a minha marca. Assim, costuro o roteiro com emoção, humor, questionamento e o encantamento que senti ao entrar em contato com o conto”, dispara a atriz cantora.

YENTL
YENTL

Alessandra dá início ao concerto contando a história passada no início do século XX sobre a trajetória de Yentl, uma garota inteligente e curiosa criada só pelo pai, que não a impede de estudar e ler as escrituras sagradas — ato proibido até então às mulheres. Com a morte do pai, a garota se vê obrigada a se travestir de homem para poder estudar, conhecer mais a vida e a si própria.

Viaja, então, para uma cidade grande para estudar e lá conhece o belo Avigdor: eles se tornam grandes amigos, mas Yentl se apaixona por ele. A confusão só aumenta quando o rapaz é obrigado a se separar da noiva e obriga Yentl a se casar com ela.

A história da garota que é obrigada a se passar por homem só para poder estudar é contada por Alessandra de maneira intercalada com as canções compostas por Michel Legrand (música) e Alan & Marlyn Bergman (letras). E este é o aspecto de maior destaque do espetáculo: com um belíssimo figurino criado por Fabio Namatame, a atriz emite sua potente e encantadora voz, emocionando a todos.

YENTL
YENTL

Com mínimos e estudados gestos ela consegue não só traçar um perfil da personagem como de todo o contexto da trama. A iluminação de Wagner Freire é precisa; fiquei impressionado com o foco de luz central na atriz no momento em que ela interpreta a canção em que Yentl vai se casar: o que se vê no palco é a caracterização perfeita de um noivo, com o repartido do cabelo bem masculino.

Alessandra Maestrini, já consagrada e reconhecida em outros musicais, em Yentl Em Concerto comprova mais uma vez seu imenso talento, com uma interpretação sensível e entrega total às canções; destaco duas músicas, Papa, can you hear me?, em que ela pede para que todos fechem os olhos como ela, numa oração, e a derradeira A piece of Sky, em que ela parece que voa!
Espetáculo simples, com mínimos elementos que conta uma história comovente e sensível. Em fim de temporada teatral 2015, Alessandra nos brinda com uma joia que vem coroar um ano de grandes produções. Pena que serão somente mais duas apresentações!

* Maurício Mellone publicou o texto no www.favodomellone.com.br – parceiro do Aplauso Brasil

 

Roteiro:
Yentl Em Concerto. Idealização, roteiro, direção e intérprete: Alessandra Maestrini. Direção musical e ao piano: João Carlos Coutinho. Músicas: Michel Legrand. Letras: Alan & Marilyn Bergman. Figurino: Fábio Namatame. Visagismo: Wilson Eliodoro. Fotografia: Priscila Prade. Diretor de produção: Jorge Elali. Produção e realização: Maestrini Produções

Serviço:
Teatro Porto Seguro (484 lugares), Al. Barão de Piracicaba, 740, tel. (11) 3226.7300. Horário: somente terça, às 21h. Ingressos: R$ 80,00 (Plateia) e R$ 60,00 (Balcão/Frisas); clientes Porto Seguro têm 50% de desconto. Serviço de Vans: transporte gratuito da Estação Luz, ida e volta; como pegar: na Estação Luz, na saída Praça da Luz/Rua José Paulino, vans personalizadas passam em frente ao local indicado para pegar os espectadores. Duração: 75 minutos. Classificação: 12 anos. Temporada: até 24 de novembro.